Aviação brasileira registra 136 acidentes em 2014

Quantidade é 14,5% menor que a consolidada em 2013, sendo que em 27 casos houve mortes

Anel Rodoviário de Belo Horizonte (MG) tem maior controle de velocidade
Férias sim, acidentes não! Vá e volte!
Método “canguru” de elevação do eixo traseiro pode trazer perigo para as estradas

galeao-leilao-anac

Foram registrados 136 acidentes aeronáuticos no Brasil em 2014. É o que diz um levantamento analisado pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). A quantidade é 14,5% menor que a consolidada em 2013, quando foram 159 ocorrências e 22% menor que o de 2012, que teve 175 acidentes envolvendo aeronaves. Em 27 casos houve mortes, sendo a menor quantidade de casos com fatalidades em quatro anos.

Os acidentes considerados nas estatísticas ocorreram em 2014 e foram registrados oficialmente até 6/1 deste ano com aeronaves regularmente registradas no Brasil, independentemente de terem ocorrido dentro ou fora do País.

A Agência ressalta que a redução de acidentes ocorreu em um cenário de expansão do número de movimentos de aeronaves da aviação geral, que cresceu 5,2% em 2014. Além disso, o Brasil se manteve abaixo da média móvel de acidentes fatais na aviação regular em comparação ao restante do mundo. Foram 0,19 por um milhão de decolagens em 2014, enquanto a média mundial está em 0,39 por um milhão de decolagens.

COMMENTS