Ferroeste prevê encerrar 2º semestre com aumento de 33% no transporte de mercadorias

Segundo empresa, destaque será um aumento de 60% no transporte de cargas destinadas à exportação

Produtividade do corredor de exportação do porto de Paranaguá (PR) cresce 28%
Setor de autopeças no Brasil projeta 2015 difícil com queda de 11,5% no faturamento
Marcopolo ingressa no mercado australiano de ônibus rodoviários

ferroeste-locomotivas-aquis

A Ferroeste, companhia ferroviária atuante no Paraná, terá um aumento de 33% no índice do transporte de mercadorias no segundo semestre de 2014, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo estimativa da empresa, o avanço na produção da ferrovia ao longo dos seis últimos meses do ano terá como destaque um aumento de 60% no transporte de cargas destinadas à exportação, sendo o Porto de Paranaguá o ponto de saída.

Outra particularidade no transporte de cargas foi o significativo crescimento no fluxo interno da ferrovia paranaense, que se caracteriza pela movimentação de gêneros exclusivamente dentro da malha da Ferroeste, que liga os municípios de Cascavel e Guarapuava. O crescimento nesse segmento será muito expressivo, 88% em relação ao segundo semestre de 2013.

Os melhores meses do semestre foram julho e agosto, segundo informações da diretoria de Produção. Os principais produtos responsáveis pelo bom desempenho da empresa durante o segundo semestre de 2014 foram o milho, os fertilizantes, os contêineres frigorificados, e o óleo vegetal, nessa ordem.

COMMENTS