Embraer projeta entrega de 700 jatos de até 130 lugares na América Latina em 20 anos

Embraer projeta entrega de 700 jatos de até 130 lugares na América Latina em 20 anos

Considerando segmento de 70 a 130 assentos, quantidade entregue representaria 11% da demanda mundial no período

Embraer e NetJets firmam acordo envolvendo 10 aeronaves Phenom 300
United Airlines estuda substituir Boeing 757 por Airbus A321LR para pequenas rotas
Rolls-Royce fornecerá motores para 10 aeronaves Airbus da Kuwait Airways

embraer-jatos-azul

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer prevê que as companhias aéreas na América Latina receberão aproximadamente 700 novos jatos no segmento de 70 a 130 assentos nos próximos 20 anos.

Segundo o levantamento, quantidade entregue representaria 11% da demanda mundial no período para o segmento, sendo que 63% dessas aeronaves serão responsáveis elo apoio ao crescimento e 37% substituirão aviões mais antigos.

A Embraer também afirma que a frota de jatos de 70 a 130 assentos aumentará das atuais 280 unidades para 750 em 20 anos.

A primeira entrega de um E-Jet na América Latina ocorreu em 2005, quando a Copa Airlines, do Panamá, recebeu um E190. Atualmente, cerca de 200 E-Jets estão em serviço com oito operadores de sete países da região.

A família de E-Jets já registrou mais de 1.500 pedidos firmes e mais de mil entregas até a data atual. As aeronaves estão em serviço com cerca de 65 clientes de 45 países.

COMMENTS