DNIT autoriza elaboração do projeto do primeiro acesso por terra ao Acre

DNIT autoriza elaboração do projeto do primeiro acesso por terra ao Acre

De acordo com autarquia, obras serão iniciadas em breve, e devem se estender por cerca de três anos; empresa responsável pela construção aguarda a aprovação final do projeto

Tráfego na BR-364 prossegue restrito
BR-364 não será mais fechada durante o inverno acreano
TRA Transporte da Amazônia foca suas operações na região Norte do País

acre-balsa-dentro

Segundo o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), foi dada a ordem de início para elaboração do projeto básico e executivo da construção do primeiro acesso terrestre ao Estado do Acre, na divisa com Roraima e fronteira com a Bolívia.

A obra, com extensão de 3,5 quilômetros deve reduzir o tempo de viagem em cerca de uma hora. A travessia será feita pela BR-364, sobre o Rio Madeira.

Atualmente, a travessia só pode ser efetuada por meio de balsa, sendo que apenas três embarcações estão disponíveis, e transportam, diariamente, três mil veículos. Utilizando este procedimento, um caminhão carregado pode pagar até R$ 150 para fazer a travessia. Veículos de passeio pagam R$ 15,50. A tarifa para pedestres é de R$ 1,55.

A empresa responsável pela construção aguarda a aprovação final do projeto. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos em 36 meses, segundo o DNIT.

COMMENTS