Dersa recebe proposta de 22 empresas para construção do túnel Santos-Guarujá (SP)

Início das obras está previsto para janeiro de 2015, com duração de 44 meses

Bobcat lança Série M no Brasil
LLX investiu mais de R$ 1 bi no Superporto do Açu (RJ), em 2012
Estaleiro da Rússia começa a construção do maior quebra gelo nuclear do mundo

projeto-santos-guaruja

A Dersa Desenvolvimento Rodoviário recebeu nesta terça-feira (4/10) documentos e propostas de metodologia para a execução das obras do Submerso – Túnel Santos-Guarujá. O empreendimento que ligará os dois municípios do litoral paulista interessa 22 grandes empresas, que concorrerão organizadas em sete consórcios e um concorrente isolado.

A abertura da primeira fase da licitação internacional, de pré-qualificação, revelou interesse de 13 companhias brasileiras (JMalucelli, Andrade Gutierrez, CR Almeida, Camargo Corrêa, Carioca Engenharia, Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Construcap, Constran, Piacentini Tecenge do Brasil, Técnica Construções e Cobrasa Construtora) e nove estrangeiras, sendo três da Espanha (Ferrovial Agroman, FCC e Acciona), três da Itália (Salini Impregilo, Grandi Lavori Fincosit e Ing. E. Mantovani), uma da Holanda (Strukton), uma da Coreia do Sul (Daewoo) e uma da Turquia (Nurol Insaat VE Ticaret).

O início das obras está previsto para janeiro de 2015, com duração de 44 meses. O contrato está orçado em R$ 1,98 bilhão, montante que contará com recursos do Tesouro do Estado, além de um financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

A previsão da Dersa é iniciar a segunda etapa em novembro de 2014. Vencerá a licitação o licitante qualificado cuja proposta comercial resultar no menor preço global para a obra.

O Submerso ligará as duas margens do Porto de Santos. O Submerso tem o valor total estimado de R$ 2,8 bilhões.

COMMENTS