Aeroportos administrados pela Infraero elevarão tarifas de embarque

Taxa subirá 7,93%; hoje, passageiros pagam atualmente R$ 21,57 nos embarques domésticos e R$ 74,72 nos voos internacionais

Leilão de aeroportos de SP e DF arrecada R$ 24,5 bi
Demanda por voos domésticos de companhias brasileiras cresce 3,4% no 1º trimestre
ABSA e TAM Cargo iniciam operação conjunta de cargas no Brasil

infraero-aeroporto-salvador

A rede de aeroportos administrados pela Infraero subirá 7,93% das tarifas de embarque até o fim deste ano e deverão ser remarcadas novamente em janeiro de 2015. Estatal administra 60 terminais.

Os passageiros pagam atualmente R$ 21,57 nos embarques domésticos e R$ 74,72 nos voos internacionais, nos aeroportos listados na categoria 1 operados pela empresa, como Santos Dumont, Congonhas, Salvador, Recife, Fortaleza, Manaus, Curitiba e Porto Alegre. Com o reajuste, o voo doméstico terá taxa de R$ 23,28 e o internacional, de R$ 80,64.

O aumento faz parte de uma proposta de resolução prestes a ser aprovada pela diretoria da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). A resolução criará um novo modelo de revisão tarifária nos aeroportos públicos, que estão fora dos regimes de concessão ou autorização.

COMMENTS