ARTESP firma acordo com o governo do PR para fornecer tecnologia de pagamento eletrônico de pedágio

Convênio prevê que motorista possa passar nas cabines automáticas tanto nas rodovias estaduais paulistas quanto nas paranaenses

MWM International firma acordo para fornecimento de motores para a Sany Group
Linde e Konecranes iniciam operação conjunta na linha de máquinas de movimentação de contêineres
Hamburg Süd e UASC firmam acordo de cooperação global

pedagio-sem-parar-precos

A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) firmou um pacto de cooperação técnica com a AGEPAR (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná), que permitirá a troca de informações e compartilhamento de tecnologia para sistemas de arrecadação automática de pedágio.

Os estudos de viabilização pretendem tornar possível a implantação na malha rodoviária paranaense do sistema da tecnologia de cobrança de pedágio eletrônica para a radiofrequência de 915 MHz, a mesma utilizada nas vias paulistas. Isso significa que em breve, com um equipamento de identificação veicular, o motorista poderá passar nas cabines automáticas de pedágio tanto nas rodovias estaduais paulistas quanto nas paranaenses.

Já existe convênio da ARTESP com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para unificação da tecnologia nas rodovias federais.

Nas rodovias paulistas, 57% dos pagamentos de pedágio já são feitos de forma eletrônica. A interoperacionalidade dos sistemas paulista e do Paraná também permitirá que os motoristas contratem apenas uma operadora para viajar em ambas as malhas rodoviárias.

Por meio do convênio, as inovações desenvolvidas pela ARTESP e pela Secretaria de Logística e Transportes do Governo do Estado de São Paulo passam a ser compartilhadas com a AGEPAR.

COMMENTS