Aliança adquire dois novos porta-contêineres para cabotagem

Unidades negociadas por R$ 250 milhões são os maiores em atuação no serviço no Brasil e Mercosul

ATM inaugura terminal retroportuário em Itapoá (SC)
Aliança lança serviço para ampliar operações no Mercosul
Aliança recebe novo porta-contêineres

alianca-navio-cabotagem

A Aliança Navegação e Logística está concluindo a renovação completa de sua frota de navios que operam na cabotagem. Foram investidos R$ 250 milhões na compra de dois porta-contêineres (batizados de “Bartolomeu Dias” e “Vicente Pinzón”) com capacidade para 4.800 contêineres, já em operação pela companhia.

Cada navio conta também com 650 tomadas para contêineres refrigerados, e foram construídos no estaleiro Shanghai Shipyard, na China. Essas duas unidades unirão aos outros nove navios da empresa que fazem o serviço, contemplando o atendimento em 14 portos, de Buenos Aires (Argentina) até Manaus (AM), com um total de 124 escalas mensais.

“Acreditamos no Brasil e investimos constantemente para dar suporte ao crescimento das cadeias logísticas nacionais com um modal mais sustentável e econômico. As mudanças no serviço de cabotagem refletem um aumento entre 35% na capacidade de transporte nas três rotas de cabotagem da empresa”, afirma Julian Thomas, diretor-superintendente da Aliança Navegação e Logística. “Temos a perspectiva de encerrar 2014 com um aumento de 20% na movimentação de cabotagem”, ressalta.

COMMENTS