Número de indenizações pagas pelo DPVAT avança 14% no 1º semestre de 2014

Número de indenizações pagas pelo DPVAT avança 14% no 1º semestre de 2014

Seguro de trânsito obrigatório no Brasil pagou 340.539 ressarcimentos; acidentes com motociclistas representam 75% dos benefícios pagos, já os automóveis foram responsáveis por 23%

Trânsito brasileiro mata mais de 500 mil pessoas entre 2003 e 2012, aponta pesquisa
DPVAT poderá financiar hospitais que atendem vítimas de acidentes de trânsito
Seguro Dpvat pode ser requisitado nos Correios em mais quatro estados

BR 116-congestionamento-transito-RS-Rio Grande do Sul

Segundo a Seguradora Líder-DPVAT, o seguro de trânsito obrigatório no Brasil pagou 340.539 indenizações no primeiro semestre deste ano.

O resultado consolidado significa um acréscimo de 14% em comparação com os seis primeiros meses de 2013. As indenizações por morte caíram 13%, enquanto as por invalidez subiram 21%. Na divisão pelo perfil da vítima, tanto com morte como invalidez a maioria são homens (75%) e 52% são jovens entre 18 e 34 anos.

Com 256.387 incidentes, os acidentes com motociclistas representam 75% dos benefícios pagos pela Seguradora Líder DPVAT no semestre. Já os automóveis foram responsáveis por 23%, ou 67.906 de seguros pagos.

O Nordeste, região que possui a terceira maior frota do País, registrou o maior número de acidentes indenizados, com 34% (113.996) durante o período de abril a junho de 2014. Já o Sudeste, que possui a maior frota, ficou em segundo lugar, com 26% (89.466) das indenizações pagas.

As regiões Sul, Norte e Centro-Oeste registraram, respectivamente, 19%, 11% e 10% do total pago.

As indenizações pagas por morte no Sudeste somam 37% do total pago no primeiro semestre. Nordeste ficou em segundo lugar, com 29%.

Com informações da Agência Estado

COMMENTS