Em dez anos, transporte aéreo doméstico no Brasil cresce 3,5 vezes mais que o PIB

De 2004 a 2014, a cada cem brasileiros, 55 voaram pelo menos uma vez

Número de passageiros no transporte aéreo doméstico atinge maior nível em dez anos
Bombardier fecha contrato de US$ 507 milhões para a venda de 8 jatos
Infraero obtém licença para criar depósito de entulho das obras do Aeroporto de Manaus (AM)

galeao-leilao-anac

Segundo dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), na última década, a cada cem brasileiros, 55 voaram pelo menos uma vez.

O crescimento médio anual do transporte aéreo doméstico no Brasil representou mais de 3,5 vezes o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do País e mais de 14 vezes o crescimento da população.

Em 2012, a quantidade de passageiros pagos transportados foi de 100 milhões. A demanda doméstica do transporte aéreo de passageiros mais do que triplicou nos últimos dez anos, em termos de passageiros-quilômetros pagos transportados, com alta de 234% entre os anos de 2003 e 2012 e com crescimento médio de 14,35% ao ano no período.

Esse mesmo índice mais do que dobrou quando considerados os voos internacionais com origem ou destino no Brasil.

Atualmente, o Brasil é o quarto maior mercado do mundo em voos domésticos, atrás dos EUA, China e Japão. 109 aeroportos brasileiros recebem voos regulares, sendo que 17 são internacionais.

COMMENTS