Elog fará logística integrada para a Novozymes Bioag no Brasil

Trabalho vai envolver o recebimento de lotes importados da Argentina, Canadá e Estados unidos. Operadora logística desenvolveu sistema de embalagens reutilizáveis para otimizar a logística

Safra 2016/2017 de cana-de-açúcar deve chegar a mais de 694 milhões de toneladas
Mato Grosso recruta mulheres para o volante
Aqces logística abre 227 vagas na cadeia da cana-de-açúcar

novozymes

A Elog, operadora logística brasileira que faz parte do Grupo Ecorodovias, acaba de ser escolhida pela Novozymes Bioag, multinacional fabricante de produtos biológicos para o agronegócio, para realizar serviços de logística integrada.

Segundo a Elog, a operação envolverá o recebimento de lotes importados provenientes da Argentina, Canadá e Estados Unidos no centro logístico de Curitiba, no Paraná. De lá, as cargas são transportadas para o Centro de Distribuição da Elog, onde é feita a armazenagem verticalizada. Por fim, a operadora brasileira fará a distribuição dos produtos para a indústria.

A nova operação trouxe desafios para a Elog, que ofereceu ao novo cliente uma solução para o acondicionamento das cargas no transporte. Segundo a operadora logística, como parte da carga não chega paletizada, em vez de comprar os pallets e filmes plásticos, que seria descartados no final do processo, a empresa propôs colocar as cargas em racks metálicos, que podem ser reutilizados nas movimentações.

“Os racks são aproveitados durante todo o processo, desde a armazenagem alfandegada, passando pela armazenagem no Centro de Distribuição, até o transporte. Além da economia, a decisão trouxe agilidade operacional, reduziu o manuseio das cargas e trouxe solução relevante em termos de sustentabilidade, o que é muito importante para o nosso cliente”, diz a gerente Comercial Sul da Elog, Fabiane Arruda.

COMMENTS