Estrada de Ferro Vitória a Minas completa 110 anos em atividade

Estrada de Ferro Vitória a Minas completa 110 anos em atividade

Malha ferroviária administrada pela mineradora Vale é conhecida por ser a única do País a oferecer diariamente o transporte de passageiros de longa distância

Principal unidade da Marcopolo comemora 30 anos
Competição “Melhor Motorista de Caminhão do Brasil” da Scania completa dez anos
Chevrolet comemora 100 anos e leva 100 famílias para Orlando, nos EUA

trem-vale-dentro

A Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) completou nesta terça-feira (13/5) 110 anos em atividade. A linha férrea, operada pela mineradora Vale, é conhecida por ser a única ferrovia do Brasil a oferecer diariamente o transporte de passageiros de longa distância.

Em média, um milhão de pessoas são transportadas anualmente nos trens que partem diariamente de Belo Horizonte (MG) e de Cariacica, cidade da Região Metropolitana da Grande Vitória, no Espírito Santo. Aproximadamente três mil pessoas utilizam os trens da Vale diariamente. Durante os feriados, quando o movimento aumenta, o número sobe para aproximadamente 4.500 pessoas por dia.

Todos os dias, às 7h, uma composição ferroviária parte do Espírito Santo rumo a Minas Gerais. Da capital mineira, a viagem do trem de passageiros tem início diariamente às 7h30. O trajeto dura aproximadamente 13 horas, num trecho de 664 quilômetros.

Pela malha férrea passam diariamente pelo menos 60 produtos diferentes como aço, soja, carvão e calcário, entre outros, o que representa cerca de 40% de toda a carga ferroviária do País.

trem-vale-antigoCronologia

Em 1903 foi iniciada a construção da CEFVM (Companhia Estrada de Ferro Vitória a Minas). No dia 13/5 do ano seguinte, foi inaugurado o primeiro trecho ferroviário, ligando as cidades de Vitória e Natividade.

Em 1914, Mariana e Diamantina, ambas em Minas Gerais, também receberam estações. A ferrovia chegaria a Belo Horizonte somente em 1994.

Em 1º de junho de 1942, o então presidente da República, Getúlio Vargas, assinou o decreto de criação da mineradora Vale, que incorporou algumas empresas e a Estrada de Ferro Vitória Minas.

Em 1970, entrou em circulação o maior trem do mundo em bitola métrica, com 150 vagões e 1.550m de extensão, puxado por locomotivas diesel elétricas de 3.900 HP (1 HP equivale a aproximadamente 746 Watts).

Em 2002, passou a ser utilizado o trem de 320 vagões, composição com quase três quilômetros de extensão.

No ano seguinte, a Vale alcançou o recorde de 119,7 milhões de toneladas de carga transportadas na ferrovia.

COMMENTS