Programa Caminhão 100% constata que 37% de 2 mil caminhões avaliados apresentam problemas nos freios

Além do sistema de frenagem, vazamento no motor também preocupa, com 25% do total checado

ANTT quer a sua opinião sobre o frete mínimo
ANTT apresenta cronograma de recadastramento do RNTRC
Liminar contra cobrança do eixo suspenso aguarda intimação da Artesp

news-caminhao

Segundo levantamento do GMA (Grupo de Manutenção Automotiva), o programa Caminhão 100%, ação que tem como finalidade conscientizar motoristas de caminhões sobre a importância da manutenção preventiva, constatou que dos 2.001 caminhões avaliados, 37% (740 unidades) apresentaram problemas no sistema de freios.

Foram identificados mais defeitos em itens relacionados aos freios, seguidos por vazamentos no motor, com 25% (540) do total de veículos inspecionados. Problemas nos cubos de rodas também foram constatados em 20% dos caminhões avaliados. Com relação ao nível de emissões de poluentes, 5% estavam acima do limite.

“Esta ação é muito importante para que os motoristas se conscientizarem sobre os cuidados que devem ter com a manutenção do veículo, especialmente, de itens de segurança, como os freios”, afirma Elias Mufarej, coordenador do GMA.

O programa Caminhão 100%, desenvolvido em parceria com a concessionária CCR, iniciou em 2010, na Rodovia Presidente Dutra, junto com o Projeto Estrada para a Saúde, e, em junho de 2013, foi ampliado para a Rodovia Castello Branco. Nas avaliações são checados, gratuitamente, componentes da parte mecânica, itens de segurança e de emissões dos caminhões que transitam por essas duas importantes rodovias, que registram intensa movimentação de tráfego de caminhões.

COMMENTS