Aliança batiza novo porta-contêineres no Porto Itapoá (SC)

Batizado de “Pedro Álvares Cabral”, a unidade tem capacidade para 3.800 TEUs e 500 tomadas para contêineres refrigerados

Aliança lança serviço para ampliar operações no Mercosul
Aliança inclui porto de Vila do Conde (PA) nos serviços e expande cabotagem na Região Norte
Transporte de órgão por modal aéreo cresce 16% no 1º semestre de 2014

alianca-navio-batizado

A Aliança Navegação e Logística batizou, no Porto Itapoá (SC), o porta-contêineres “Pedro Álvares Cabral”. A unidade tem capacidade para 3.800 TEUs e 500 tomadas para contêineres refrigerados faz parte de uma série de quatro navios idênticos que renovaram a frota de cabotagem da empresa. Os outros são “Américo Vespúcio”, “Fernão de Magalhães” e “Sebastião Caboto”, que fazem parte da série denominada Grandes Descobridores.

“Oferecemos uma cobertura dos mercados com escalas diretas nos principais portos, ampliando a atuação às regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste, com maior capacidade e agilidade nas operações. Com isso, projetamos crescer, em 2014, acima de 20%”, afirma Julian Thomas, diretor-superintendente da Aliança.

A Aliança investiu R$ 450 milhões na renovação de sua frota de cabotagem. A empresa adquiriu quatro porta-contêineres de 3.800 TEUs de capacidade e 500 tomadas para carga refrigerada.

COMMENTS