Volvo vai investir pesado no Brasil em 2014

Volvo vai investir pesado no Brasil em 2014

Fabricante de caminhões anunciou aporte de US$ 320 milhões para sua planta em Curitiba (PR) e não descarta a vinda de uma segunda marca para o mercado brasileiro. Empresa ainda faz mistério sobre este assunto

Capital paulista concentra mais da metade dos roubos de carga do estado
Scania apresenta novo portfólio de produtos para mercado peruano
Tabela referencial de frete é publicada pela ANTT
Fábrica da montadora no Paraná vai receber os aportes para produzir novos veículos

Fábrica da montadora no Paraná vai receber os aportes para produzir novos veículos

A Volvo do Brasil anunciou esta semana em São Paulo que irá fazer investimentos de R$ 320 milhões em sua fábrica de caminhões no Paraná e reafirmou a possibilidade de trazer uma nova marca para o País, ainda sem qualquer definição. O anúncio dos investimentos foi feito em clima de comemoração pelos recordes obtidos pela marca no ano passado.

Segundo Roger Alm, presidente do Grupo Volvo América Latina, os vultosos aportes programados para este ano deverão ser investidos na produção. “Os investimentos serão feitos na fábrica de Curitiba, em ferramental, desenvolvimento de tecnologias, ampliação da capacidade e preparação da linha de produção para novos produtos”, disse o executivo sueco.

Apesar do mistério sobre a nova marca de caminhões que a Volvo pretende trazer ao Brasil, os investimentos confirmam que isso pode acontecer este ano e que a montadora deverá desenvolver novos produtos para o mercado nacional.

Resultados recorde em 2013

volvo-interna14

Assim como a concorrente conterrânea, a Volvo teve em 2013 seu melhor ano no Brasil e comemora as vendas recorde de seus caminhões. De acordo com a montadora, a marca emplacou no ano passado um total de 20.731 unidades, resultado 30,6% a mais do que em 2012.

O período também foi marcado pelo aumento da participação de mercado da Volvo nos segmentos de caminhões acima de 15 toneladas, que incluem os pesados e semipesados. O share alcançado em 2013 foi de 20%, 1,8 ponto percentual acima do resultado de 2012. “A cada cinco caminhões destas categorias vendidos no Brasil, um é Volvo. Nos semipesados, atingimos um market share de 12%. O Volvo VM conquistou o transportador”, comemora Bernardo Fedalto, diretor de Vendas e Marketing de Caminhões da Volvo Brasil.

Nos semipesados, o resultado de vendas de 2013 foi de 5.752 caminhões da família VM. Na América Latina, o Grupo Volvo negociou um total de 29.518 caminhões sob as marcas Volvo, Mack, Renault Trucks e UD, resultado 25% maior do que no ano anterior.

“Estes excelentes resultados que tivemos em 2013 são fruto dos contínuos investimentos que o Grupo Volvo tem feito no Brasil e de uma rede de concessionárias forte e comprometida. Além disso, ampliamos nosso parque fabril para podermos atualizar nossa linha de produtos”, conclui o presidente Rolger Alm.

COMMENTS