Mercedes-Benz amplia condições do BNDES Finame para o extrapesado Actros

Mercedes-Benz amplia condições do BNDES Finame para o extrapesado Actros

Veículo pode ser adquirido com até 80% das condições da modalidade; montadora prevê que até 2015 veículo atenda todas as exigências de nacionalização

Mercedes-Benz inicia testes com caminhão elétrico pesado
Mercedes-Benz trabalha para reconquistar clientes do agronegócio em MT
Mercedes-Benz presenteia dupla sertaneja com carreta Actros

mercedes-benz-actros

Segundo a montadora Mercedes-Benz, o extrapesado Actros 2646 6×4 já pode ser financiado com até 80% das condições do BNDES Finame. A previsão da fabricante é que, em 2015, o modelo para aplicações rodoviárias atenda todos os requisitos da modalidade.

Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO para América Latina, diz que a novidade é fruto do programa de nacionalização do produto, “que segue acelerado e com escopo ampliado em nossa fábrica de Juiz de Fora (MG)”, afirma. “A Mercedes-Benz responde pelo maior plano de investimentos do setor no Brasil. São R$ 2,5 bilhões entre 2010 e 2015, envolvendo, além da nacionalização do Actros, diversas outras iniciativas, como expansão da produção de caminhões para a unidade de Juiz de Fora, pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e tecnologias, otimização de processos e modernização de áreas de produção, logística e serviços”, ressalta.

A primeira etapa do programa de nacionalização progressiva do Actros, em 2013, envolveu elementos do quadro do caminhão, sistema de exaustão, rodas e pneus. A segunda etapa – com foco em mais economia e conforto no transporte – também está concluída. Estão nacionalizados itens como a suspensão a ar, eixos Mercedes-Benz nacionais sem redução nos cubos, sistema pneumático de freio, bancos pneumáticos e sistema elétrico.

A terceira e última etapa do programa, prevista para 2015, englobará a produção local do motor OM 457, do sistema de combustível e do sistema de direção hidráulica.

Os cavalos-mecânicos Actros 2546 6×2 e 2646 6×4, indicados para transporte rodoviário de carga, são equipados com motor V6 de 456 cv de potência.

COMMENTS