Curitiba (PR) ganha projeto para uso de carro elétrico na frota municipal

Primeira fase do Curitiba Eco-elétrico inclui instalação de dez eletropostos e utilização de dez carros e três micro-ônibus

Grupo Eurobike abre inscrições para curso de mecânica em SP
Renault do Brasil realiza recall para mais de 10 mil veículos
Fabricantes de veículos acreditam na retomada do crescimento em 2015

curitiba-carro-eletrico

Foi lançado nesta quarta-feira (12/2) o projeto Curitiba Eco-elétrico, que tem como finalidade incorporar veículos elétricos à frota do serviço público municipal. Inédito no Brasil, a primeira das quatro fases inclui a instalação de dez eletropostos e a utilização de dez carros e três micro-ônibus pela Guarda Municipal, Setran (Secretaria Municipal de Trânsito) e Instituto Curitiba de Turismo.

A intenção é adotar, até 2020, soluções de compartilhamento de carros elétricos e bicicletas, com integração aos diversos serviços de transporte público.

A iniciativa é uma parceria do município com a Itaipu Binacional, Renault-Nissan do Brasil e Ceiia (Centro para a Excelência e Inovação na Indústria do Automóvel), de Portugal.

Dos 13 veículos utilizados na primeira fase do projeto, a Itaipu cederá três micro-ônibus, cinco Renault Zoe e dois Renault Twizy. A Renault do Brasil participa da parceria com três Kangoo Z.E. e com a manutenção de todos os veículos de sua marca.

COMMENTS