Curitiba (PR) ganha projeto para uso de carro elétrico na frota municipal

Primeira fase do Curitiba Eco-elétrico inclui instalação de dez eletropostos e utilização de dez carros e três micro-ônibus

Renault cresce quase 50% somente em janeiro
Serviço de inspeção e pós-produção automotiva da GEFCO completa um ano
Renault do Brasil realiza recall para mais de 10 mil veículos

curitiba-carro-eletrico

Foi lançado nesta quarta-feira (12/2) o projeto Curitiba Eco-elétrico, que tem como finalidade incorporar veículos elétricos à frota do serviço público municipal. Inédito no Brasil, a primeira das quatro fases inclui a instalação de dez eletropostos e a utilização de dez carros e três micro-ônibus pela Guarda Municipal, Setran (Secretaria Municipal de Trânsito) e Instituto Curitiba de Turismo.

A intenção é adotar, até 2020, soluções de compartilhamento de carros elétricos e bicicletas, com integração aos diversos serviços de transporte público.

A iniciativa é uma parceria do município com a Itaipu Binacional, Renault-Nissan do Brasil e Ceiia (Centro para a Excelência e Inovação na Indústria do Automóvel), de Portugal.

Dos 13 veículos utilizados na primeira fase do projeto, a Itaipu cederá três micro-ônibus, cinco Renault Zoe e dois Renault Twizy. A Renault do Brasil participa da parceria com três Kangoo Z.E. e com a manutenção de todos os veículos de sua marca.

COMMENTS