Número de passageiros no transporte aéreo doméstico bate recorde em novembro de 2013

Demanda e oferta registraram crescimento de 4,59% e 0,60%, respectivamente, o que representou o maior nível de demanda no mercado doméstico para o mês de novembro nos últimos dez anos

Bombardier fecha contrato de US$ 507 milhões para a venda de 8 jatos
Valor médio das passagens aéreas caiu 8% em 2014
Singapore firma parceria com Virgin Austrália

anac-passageiros-aeroporto

Segundo balanço divulgado pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a demanda (em passageiros-quilômetros pagos transportados – RPK) e a oferta (em assentos-quilômetros oferecidos – ASK) do transporte aéreo doméstico de passageiros registraram crescimento de 4,59% e 0,60%, respectivamente, em novembro de 2013, quando comparadas com o mesmo mês de 2012.

O resultado obtido representa o maior nível de demanda no mercado doméstico para o mês de novembro nos últimos dez anos. Com isso, a demanda doméstica do ano registrou alta de 0,75%, enquanto a oferta acumulada apresentou retração de 3,66% no mesmo período.

O número de passageiros transportados no mercado doméstico em novembro de 2013 foi de 7,8 milhões, tendo sido o maior para o mês nos últimos 10 anos, com alta de 6,5% em relação a novembro de 2012. No período de janeiro a novembro de 2013 a quantidade de passageiros transportados acumulou crescimento de 0,70% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Entre as principais empresas aéreas brasileiras, a Azul Linhas Aéreas e a Avianca destacaram-se com as maiores taxas de crescimento de demanda doméstica em novembro de 2013, quando comparadas ao mesmo período de 2012, com alta de 36,45% e 26,03%, respectivamente.

Se consideradas somadas as operações de Azul e Trip, essas empresas registraram crescimento de 18% na demanda doméstica no mesmo período. A TAM registrou queda de 5,89% na demanda doméstica de novembro/2013, quando comparada com o mesmo mês do ano anterior. A GOL registrou crescimento de 13,58% no mesmo período. Se consideradas somadas as operações de Gol e Webjet, a demanda doméstica de tais empresas apresentou crescimento de 7% no mesmo comparativo.

A TAM e a GOL lideraram o mercado doméstico em novembro de 2013 com participação (em RPK) de 38,81% e de 36,40%, respectivamente. Entretanto, a participação das demais empresas no mercado doméstico cresceu 6,18%, passando de 23,35% em novembro/2012 para 24,79% em novembro/2013.

Entre as principais empresas aéreas brasileiras, Azul e Avianca registraram o maior crescimento em sua participação no mercado doméstico em novembro/2013, quando comparada com novembro/2012, passando de 9,92% para 12,94% (crescimento de 30,46%) e de 6,40% para 7,71% (crescimento de 20,49%), respectivamente. Se somadas as operações de Azul e Trip, o crescimento dessas empresas no mercado doméstico foi de 13,26% no mesmo período, passando de 14,51% para 16,44%.

COMMENTS