Ferroeste volta a realizar transporte de farelos até o Porto de Paranaguá (PR)

Após sete anos sem realizar esse tipo de operação, companhia fecha um acordo com a cooperativa Agrária (dona da carga), e a ALL, concessionária do trecho que leva ao porto

ART é a nova empresa de gestão integrada do mercado ferroviário
ALL quer entrada de sócio-investidor na Brado até o fim do ano
ALL testa equipamento para triplicar volume de cimento transportado

ferroeste-investimentos-ferrovia
A Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste) retomou as operações envolvendo transporte de farelos até o Porto de Paranaguá (PR), após um hiato de sete anos.

O retorno ocorreu em dezembro de 2013, e foi concretizado por conta do acordo comercial firmado entre a Ferroeste, a cooperativa Agrária (dona da carga), e a ALL – América Latina Logística, concessionária do trecho ferroviário entre Guarapuava e o terminal portuário.

“Estamos satisfeitos com a parceria, pois desafogará as balanças da cooperativa, ficará mais rápido e seguro, além de melhorar a logística de descarga no porto de Paranaguá”, disse o gerente de negócios da Agrária, Ubiratan Wendler.

As operações vão permitir redução dos custos, além de abrir novo fluxo de cargas durante a entressafra. Nesse período, o movimento de soja e milho entra em recesso. Antes do acordo, a Ferroeste era limitada à movimentação de fertilizantes, via importação.

“Agora conseguiremos completar o ciclo dos vagões na entressafra, por meio da linha da ALL, com a exportação de farelos ao porto de Paranaguá”, explica o diretor de Operações da Ferroeste, Rodrigo César de Oliveira.

COMMENTS