BNDES aprova financiamento de R$ 630,5 milhões para expansão do Porto do Pecém (CE)

Com esse novo financiamento, banco totaliza apoio no valor de R$ 1,1 bilhão para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém

Governo aprova injeção de mais R$ 11 bi no PSI para ônibus e caminhões
Banco Mercedes-Benz cresce 118% em financiamentos por meio do CDC
Projeto do metrô de Belo Horizonte (MG) recebe R$ 52,8 milhões da Caixa

porto-pecem-berco

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) anunciou, nessa terça-feira (7/1), que aprovou um financiamento de R$ 630,5 milhões destinado à segunda etapa das obras de ampliação do Porto de Pecém (CE).

Ao todo, serão investidos R$ 700,5 milhões, do qual 90% ficarão por conta do banco. Com essa quantia disponível, estão previstas as construções de dois berços de atracação, por meio de ampliação de 600 metros do cais acostável existente no Terminal de Múltiplo Uso, uma retroárea de 69 mil metros quadrados, uma nova ponte de acesso, com 1.520 metros de extensão, alargamento transversal de 33 metros do quebra-mar existente e obras complementares.

Essas obras vão atender à demanda da Companhia Siderúrgica do Pecém, que está sendo implantada na área do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. O projeto vai também fomentar a competitividade do setor portuário brasileiro no cenário mundial e promover o desenvolvimento da região Nordeste.

Com esse novo financiamento, o BNDES totaliza apoio no valor de R$ 1,1 bilhão para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

A movimentação anual de produtos pelo Porto atingiu, em 2011, 3,41 milhões de toneladas. Em 2012, ela cresceu 22% e movimentou 4,15 milhões de toneladas. Concluído o Complexo Industrial e Portuário, estima-se que essa movimentação saltará para 45,2 milhões de toneladas até 2016 e para 83,3 milhões de toneladas até 2020.

COMMENTS