Últimas quatro aeronaves da Vasp serão leiloadas

Leilão que será realizado na próxima segunda-feira (16/12) contempla aviões sucateados que estão estacionados no pátio dos aeroportos de Salvador (BA), Guarulhos (SP), Brasília (DF) e São Luís (MA)

América do Sul é a região com maior expectativa de crescimento na aviação civil
Embraer encerra 3º trimestre com 44 aeronaves entregues
Tam Cargo expande terminal de cargas em Belém (PA)

vasp

Um leilão de quatro aeronaves da companhia aérea Vasp que estão estacionadas no pátio dos aeroportos de Salvador (BA), Guarulhos (SP), Brasília (DF) e São Luís (MA) será realizado na próxima segunda-feira (16/12).

A expectativa é que este seja o último leilão de aviões da Vasp que foram abandonados nos aeroportos brasileiros.

Ao todo, 27 aeronaves da Vasp ficaram paradas nos aeroportos após a falência da empresa, em 2008. A realização dos leilões, que torna possível a retirada da aeronave dos pátios dos aeroportos, é resultado do programa Espaço Livre – Aeroportos, da Corregedoria Nacional de Justiça.

Neste último leilão de aeronaves da Vasp serão vendidos três aviões modelo Boeing 737-200 e um Airbus A300. Os quatro aviões foram classificados pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) como perecidos e não aeronavegáveis.

A venda será feita por meio de proposta fechada. Eventuais interessados devem apresentar a proposta de compra diretamente ao escrivão-diretor da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, localizada no Fórum João Mendes Júnior (Praça João Mendes s/n, Centro).

As propostas devem ser entregues presencialmente, em envelope lacrado, às 14 horas do dia 16/12. Elas deverão observar o preço mínimo de avaliação para cada aeronave, previsto no edital de venda publicado no Diário de Justiça Eletrônico do dia 27/11.

Segundo o edital, o preço mínimo estabelecido para os dois Boeings que estão em Salvador (PP-SPF) e Brasília (PP-SNA) é de R$ 28 mil. O outro Boeing, estacionado no aeroporto de São Luís (PP-SFG), foi avaliado em R$ 40 mil. Já o preço mínimo estabelecido para o Airbus localizado no aeroporto de Guarulhos (PP-SNM) é de R$ 60 mil.

Os valores arrecadados serão utilizados para o pagamento de credores da massa falida, preferencialmente os de natureza trabalhista.

COMMENTS