Pedágios na BR-116 e na BR-324 terão redução de valor a partir do dia 7/12

Norma entra em vigor a partir de 7 deste mês; ANTT determinou a redução por conta da reprogramação do cronograma inicial de investimentos e obras na rodovias

ANTT determina reajuste de 18% para ônibus semiurbanos interestaduais
ANTT altera resolução para transporte de produtos perigosos
Agência Nacional de Transportes Terrestres discute regulamentação de cartão-frete

pedagio-preco

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicou medida que foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (4/12) a redução do valor do pedágio na BR-116 e na BR-324. Norma entra em vigor a partir de 7 deste mês.

As rodovias são administradas pela concessionária ViaBahia. A concessionária esclareceu, por meio de nota enviada à imprensa, que a ANTT determinou a redução por conta da reprogramação do cronograma inicial de investimentos e obras na rodovias.

Com isso, a tarifa de pedágio nas praças de Simões Filho e Amélia Rodrigue, na BR-324, passa da variação de R$ 0,90 a R$ 16,10 (a depender do tipo de veículo) para R$ 0,90 a R$ 15,70. Com isso, o valor pago por automóveis do tipo 1 (carros de passeio, caminhonete e furgão), por exemplo, vai mudar de R$ 1,80 para R$ 1,70.

Nas praças dos municípios de Rafael Jambeiro, Brejões, Jequié, Planalto e Vitória da Conquista, na BR-116, a tarifa vai deixar de variar entre R$ 1,60 e R$ 28,20. A nova cobrança passa a ser de R$ 1,50 a R$ 27,60 (a depender do tipo de veículo). O custo para veículos do tipo 1 não vai variar, mantendo o pedágio no valor de R$ 3,10.

COMMENTS