Economia & Tributos

Governo anuncia PSI prorrogado para 2014 e eleva taxa para financiar caminhões

Segundo o ministro da fazenda, Guido Mantega, taxa para financiamento de caminhões sobe de 4% para 6%

12/12/2013

16h05

Victor José, repórter do Portal Transporta Brasil

Entre em contato

news-man-parque

O governo manterá em 2014 o crédito destinado a estimular a produção, aquisição e exportação de bens de capital e a inovação tecnológica, denominado PSI (Programa de Sustentação dos Investimentos). Porém, o ministro da fazenda, Guido Mantega, anunciou que as taxas de juros serão maiores para o financiamento de ônibus e caminhões (Finame PSI e Procaminhoneiro), pulando de 4% para 6%.

O ministro crê que mesmo com a elevação, a taxa é atrativa para o investimento, uma vez que está bem próxima da inflação de 5,5%.

Além disso, as condições de participação máxima foram alteradas para as pequenas empresas, de 100% para 90%, e para as grandes, de 90% para 80%.

No caso de projetos de inovação, a taxa para subirá de 3,5% para 4% ao ano em 2014. Já o PSI para exportação, a taxa vai saltar de 5,5% para 8% no ano que vem.

O aumento nos custos ocorre na esteira do ciclo de elevações da Selic, que saiu da mínima de 7,25% em abril para o atual patamar de 10%. Segundo Mantega, as taxas do PSI cresceram acompanhando a Selic e conjuntura.

O PSI foi criado pelo governo no auge da crise econômica mundial no fim da década passada para garantir crédito para investimento, num momento em que a oferta de financiamento produtivo se tornou escassa. De acordo com o ministro, este anon os financiamentos oferecidos pelo PSI através das linhas do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) somarão R$ 80 bilhões.

  • CONTEÚDO DE REFERÊNCIA
  • Publicidade

  • Articulistas

    A incoerência na modificação da Lei 12.619

    Por que mudar? O Dr. Dirceu Rodrigues Alves, especialista em Medicina de Tráfego questiona as mudanças propostas à Lei do Motorista: “Com essa lei oficializam-se jornadas longas, mortes e feridos nas rodovias”

    ISO 28000 e a Gestão de Segurança Patrimonial

    Teanes Carlos Santos Silva publica neste artigo os detalhes da norma ISO 28000 e seu papel para a gestão da segurança patrimonial, atividade crucial para as empresas de todas as atividades

  • Publicidade

  • Publicidade

  • Bolsa de Valores – ADVFN

  • Redes Sociais

    Facebook