Embraer encerra 3º trimestre com 44 aeronaves entregues

Entre julho e setembro, companhia brasileira entregou 19 jatos para o mercado de aviação comercial e 25 para o de aviação executiva

Aeroportos paulistas respondem por 73% da carga internacional no Brasil
Boeing projeta demanda de 35 mil aeronaves para os próximos 20 anos
Boeing Dreamliner 787 aterrissa na África

embraer-E175-ejet

A fabricante de aeronaves Embraer encerrou o terceiro trimestre de 2013 com 19 jatos entregues para o mercado de aviação comercial e 25 para o de aviação executiva, totalizando 44 unidades. No final de setembro, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava US$ 17,8 bilhões.

O destaque do período ficou por conta da assinatura, em julho, de um acordo final entre a Embraer e a International Lease Finance Corporation (ILFC), líder global no mercado de leasing e revenda de jatos para companhias aéreas, para a venda firme de 50 jatos E-Jets E2, sendo 25 E190-E2 e 25 E195-E2.

O contrato, anunciado como Carta de Intenções (Letter of Intent – LOI) durante o último Paris Air Show, em junho, também contempla opções para 25 E190-E2 e 25 E195-E2 adicionais, o que eleva o potencial do pedido para até 100 aviões.

COMMENTS