Região Norte do Paraná ganhará mais 22 quilômetros de rodovias duplicadas

Serviços estão sendo realizadas na PR-445, nos trechos entre Londrina e Cambé, e também na porção que compreende trajeto entre Cambé e Warta

DNIT publicará editais de licitação da obra de duplicação da BR-381
Governo inaugura trecho duplicado da SP-101 em Hortolândia
Alckmin entrega trecho duplicado de 25,7 km na Raposo Tavares

obras-rodovia-parana

Está na fase final a fundação de cinco viadutos, que fazem parte da duplicação dos 22 quilômetros da rodovia PR-445 de Londrina, na região Norte do Estado do Paraná. A expectativa é que esta etapa seja concluída em outubro.

Segundo o DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná), além da fundação, as equipes já fizeram metade da base da pista o que permitirá asfaltamento de 11 quilômetros da duplicação. A duplicação dos 22 quilômetros que ligam Londrina, Cambé e o distrito de Warta somam investimentos de R$ 139,2 milhões. A previsão para a conclusão total da obra é outubro do próximo ano.

A duplicação está dividida em duas partes, a primeira é uma obra do DER-PR, onde 17 quilômetros – entre Londrina e Cambé – estão sendo duplicados, com investimento de R$ 95 milhões, e a segunda parte é uma parceria do governo estadual com a concessionária responsável pelo trecho seguinte, que vai de Cambé a Warta, onde R$ 44,2 milhões estão sendo investidos para duplicar 5,5 quilômetros.

No trecho entre Londrina e Cambé as equipes trabalham na base da pavimentação, além de estarem fazendo a fundação de cinco viadutos e a superestrutura de um outro viaduto, que está o mais adiantado da obra. Os viadutos vão solucionar o problema viário do entroncamento da cidade, facilitando a ligação bairro-centro.

“Após a base dos cinco viadutos, estimamos que a colocação de travessias, vigas e lajes, que dão sustentação, comecem a ser colocadas em outubro”, disse o engenheiro do DER-PR, José Burigo Júnior.

Os cincos viadutos ficam localizados nas avenidas Waldemar Spranger, Madre L. Milita, Humaitá, Presidente Castelo Branco e Arthur Tomaz, em Londrina. Ao todo serão 16 obras, distribuídas em oito viadutos, três trincheiras e cinco passarelas.

Já no trecho entre Cambé e Warta serão duplicados 5,5 quilômetros. Além da duplicação das pistas, serão feitos dois viadutos, um no cruzamento com a BR 369, e outro no acesso ao Jardim Ana Rosa, em Cambé.

Neste trecho 80% da terraplenagem e da drenagem já está feito, que fazem parte da base das vias. E já começaram as obras dos dois viadutos, cerca de 10% de serviço executado.

Com informações da Agência Paraná

COMMENTS