Iveco lança semipesado vocacional Tector Concreto

Projetado com base no modelo 260E28 6x4, veículo é indicado para operações no setor da construção

Arrecadação de tributos do Brasil passa de R$ 1 trilhão
ANTT prorroga prazo para regularização de registros RNTRC suspensos
Artecola investe R$ 2 milhões em novo centro de distribuição no ABC paulista

iveco-construtor-vocacional

A montadora Iveco apresenta o semipesado da linha vocacional Tector Concreto. Projetado com base no modelo 260E28 6×4, o veículo foi desenvolvido após uma pesquisa de mercado feita pela fabricante, que incluiu diversos trabalhos de campo em clientes que atuam no segmento de construção, como as empresas Cortesia e Supermix.

“Acrescentamos ao caminhão todos os opcionais necessários e desejados para a operação das empresas ‘concreteiras’. O Tector Concreto foi pensado não apenas para ser uma máquina de trabalho, mas também para ser confortável ao motorista e demais profissionais que atuam em obras”, diz Alcides Cavalcanti, diretor comercial da Iveco.

“As perspectivas de comercialização do novo produto são positivas, uma vez que o novo modelo atenderá diretamente o setor de construção, que detém expectativa de crescimento de cerca de 30% com relação ao primeiro semestre de 2013 e quase 40% em relação ao mesmo período do ano passado”, prevê Cavalcanti.

Os estudos são baseados no fato de que grandes obras de infraestrutura ainda estão para acontecer no País.

Tendo como base o modelo 260E28 6×4 com PBT (Peso Bruto Total) de 26 toneladas, o Tector Concreto possui um motor FPT de 280 cavalos de potência e 950 Nm de torque. E há duas opções de entre-eixos: 3.690 4.815 mm.

O Iveco Tector Concreto possui tanque de alumínio com 400 litros de capacidade, o que lhe garante a autonomia necessária para suas operações. Em seu interior, o banco de passageiro é biposto, e há uma escotilha no teto que aumenta a circulação de ar no interior da cabine. O tacógrafo é semanal.

Os freios possuem ajuste automático. O escapamento é vertical, o que evita que motorista e ajudantes que estejam trabalhando ao lado do balão de concreto tenham contato direto com a emissão de partículas.

Em sua configuração também estão o alarme sonoro de ré (necessário para a segurança nas aplicações), e defletor de ar da hélice do radiador (item que diminui o excesso de poeira dentro das obras). Há também a pré-disposição para controle externo RPTO (Botoeira posicionada no balanço traseiro), que sai de fábrica para auxiliar o implementador na instalação da betoneira.

COMMENTS