SAMA processa mais de 350 autorizações na cabotagem no primeiro mês, diz Antaq

Novo sistema automatiza os procedimentos de afretamentos de embarcações na navegação marítima e de apoio

Terminal portuário T-Grão é multado por não agendar caminhões em Santos (SP)
ANTAQ libera ampliação da Ponta Norte do Porto de Salvador (BA)
ANTAQ disponibiliza para o IBGE informações úteis para cálculo de PIB municipal

cabotagem-navio

Segundo informações da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), ao longo dos primeiros trinta dias de funcionamento, o SAMA (Sistema de Gerenciamento de Afretamento na Navegação Marítima e de Apoio) recebeu e processou mais de 350 autorizações ou registros na navegação de cabotagem, em um universo total com mais de 500 lançamentos realizados nas operações marítimas. O SAMA completou um mês no dia 10/7.

O novo sistema automatiza os procedimentos de afretamentos de embarcações na navegação marítima e de apoio. A implantação e o início da operação transcorreram sem incidentes, tendo havido um retorno positivo pelas empresas brasileiras de navegação, agora responsáveis pelo lançamento das informações de afretamentos.

“A redução do número de papéis impressos em circulação na SNM (Navegação Marítima e de Apoio), foi considerável e também foi significativo o ganho de produtividade que o sistema SAMA permitiu. O sistema vem cumprindo integralmente seu papel de desburocratizar o processamento dos afretamentos na navegação marítima, simplificando o procedimento e aumentando a transparência de todo o processo”, comenta o superintendente de SNM, André Arruda.

Encerrada a fase de treinamento dos usuários e de implantação do sistema, a equipe da SNM trabalha para confeccionar um manual detalhado para os novos usuários.

“A superintendência vem somando esforços para manter o sistema preparado para os desafios lançados à navegação marítima pelo novo modelo regulatório dos portos brasileiros e pelos novos leilões de áreas de exploração do pré-sal”, destaca Arruda.

COMMENTS