UPS equipa frota de 767 com dispositivo que reduz uso de combustível

UPS equipa frota de 767 com dispositivo que reduz uso de combustível

Componentes aerodinâmicos acoplados às extremidades da asa da aeronave chamados winglets poderão contribuir para economia de 22,8 milhões de litros de combustível por ano e para a redução de emissões de mais de 68 mil toneladas de gás carbônico

Embraer inaugura Centro de Engenharia e Tecnologia nos EUA
Seis aeroportos do Rio passam por fiscalização de segurança e disciplina
Embraer fecha 2º trimestre com 51 aeronaves entregues

ups-767-avioes

A empresa de encomendas UPS inseriu em sua frota principal de aeronaves Boeing 767 winglets, componentes aerodinâmicos acoplados às extremidades da asa da aeronave, eles reforçam a eficiência, economizando combustível e reduzindo o arrasto induzido.

A peça contribuirá para a economia de 22,8 milhões de litros de combustível por ano e para a redução de emissões de mais de 68 mil toneladas de gás carbônico. A UPS estima uma economia de 4% de combustível em cada voo da aeronave equipada com os winglets.

Atualmente, a companhia opera 54 aeronaves 767 e aguarda a chegada de outras cinco, já encomendadas. A expectativa da companhia é ter winglets instalados em todas as aeronaves até o final de 2014. Os dispositivos já foram acrescentados em toda a frota de aeronaves 747 e MD-11, enquanto os modelos A300-600 receberam um dispositivo chamado de wingtip fence.

As mudanças adicionarão, aproximadamente, 1,6 metros no comprimento de cada asa. O peso total da aeronave aumentará em cerca de 1.360 quilos devido ao peso dos winglets e à estrutura adicionada como reforço para a asa.

A UPS está trabalhando para reduzir a intensidade de carbono em 20% até 2020, com base nas emissões geradas em 2005. Outros destaques de esforços da companhia para a conservação de combustível incluem melhorias nas rotas de voo computadorizadas, gerenciamento do tempo de transporte e equipamento de apoio em terra para combustíveis alternativos.

“A UPS continua sendo líder no setor de práticas sustentáveis nos negócios”, afirma David Abney, diretor de operações da UPS. “A implementação dos winglets é o exemplo perfeito de uma medida sustentável no setor, pois representam um bom negócio e uma boa conduta”.

COMMENTS