Terminal de cargas do Aeroporto de Guarulhos (SP) receberá R$ 45 milhões para melhoria de infraestrutura

Quantia será destinada à aquisição de novos equipamentos para as operações, modernização de armazéns, aumento da área de carga climatizada, entre outras obras

Trip inicia operações em Bauru (SP)
Governo de Minas inicia obras de reforma em aeroportos de Januária e Pirapora
Boeing projeta demanda de 35 mil aeronaves para os próximos 20 anos

 

aeroporto-de-guarulhos-esta

A GRU Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), anunciou durante a feira Intermodal South America seu plano de investimentos para o TECA (Terminal de Cargas) da unidade.

Ao longo deste ano, o TECA deverá receber R$ 45 milhões em investimentos, sendo que R$ 25 milhões serão utilizados para a melhoria dos armazéns, aumento da área de carga climatizada e compra de novos equipamentos para as operações. Cerca de R$ 10 milhões serão destinados às obras de reforma do edifício da empresa, que conta com 60 escritórios de empresas aéreas, despachantes e agentes. Para a modernização dos sistemas operacionais e de serviços serão viabilizados mais R$ 10 milhões.

Atualmente, 42 companhias aéreas operam no Termi nal de Cargas de Cumbica, e deste número, 10 são brasileiras e as outras 32 são internacionais. Os setores farmacêutico, automotivo, eletroeletrônico e o aeronáutico são os mais expressivos em movimentação.

O segmento de cargas do aeroporto representa 34% da receita geral da unidade de Guarulhos. Já em relação à movimentação total nacional no modal aéreo, o TECA soma 32% de participação.

“Nossos pontos fortes são a localização estratégica do aeroporto, considerando a força econômica de São Paulo e a sua posição como maio r centro distribuidor de mercadorias do País, e a conectividade dos voos das companhias aéreas que aqui operam”, comenta Marcus Santarém, diretor de operações de cargas do CRU Airport.

COMMENTS