Metrô de São Paulo completa 45 anos

Metrô de São Paulo completa 45 anos

Companhia do Metropolitano de São Paulo iniciou operação com sete estações; atualmente, malha conta com 64 paradas e 74 quilômetros de extensão

Chevrolet comemora 100 anos e leva 100 famílias para Orlando, nos EUA
Porto de Paranaguá (PR) comemora 80 anos
Ford do Brasil completa 95 anos e comemora com maior renovação de veículos da história

metro-primeira-viagem

O Metrô da cidade de São Paulo, o mais antigo do Brasil, completou nesta quarta-feira (24/4) 45 anos. Constituída no dia 24/4 de 1968, a Companhia do Metropolitano de São Paulo iniciaria as obras da Linha Norte-Sul oito meses depois.

Em 1972, a primeira viagem de trem foi realizada entre as estações Jabaquara e Saúde, porém, somente em setembro de 1974, o trecho Jabaquara/Vila Mariana começaria a operar comercialmente. Os iniciais 6,4 quilômetros de linhas operacionais deste trecho cresceram para os atuais 74 quilômetros de linhas, sendo 65,3 quilômetros operados pelo Metrô de São Paulo e nove quilômetros operados pela Via Quatro. O sistema conta hoje com 64 estações, sendo seis delas também da Via Quatro.

metroemobrasAtuais obras

Hoje, existem quatro frentes de obras de ampliação do Metrô. A primeira delas é o prolongamento da Linha 5-Lilás, que caminha em direção à Estação Chácara Klabin e fará a interligação entre as Linhas 1-Azul, 2-Verde e 17-Ouro. A ampliação deste trecho é de de 19,9 quilômetros de extensão.

Também estão sendo construídas, em modelo de monotrilho, a Linha 15-Prata, entre os bairros do Ipiranga e Cidade Tiradentes, que ao final da obra terá 18 estações, 25,8 quilômetros de vias elevadas, e a primeira fase do monotrilho da Linha 17-Ouro, que terá 7,7 quilômetros e fará a ligação estratégica entre o Aeroporto de Congonhas e a Estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

O outro empreendimento que vem passando por obras é a fase 2 da Linha 4-Amarela, que prevê a entrega das futuras estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, Fradique Coutinho, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia.

A projeção é de que até o final de 2014 sejam inauguradas mais 24 estações, ampliando os atuais 74,3 quilômetros de malha para mais de 100 quilômetros.

COMMENTS