Metrô de São Paulo completa 45 anos

Metrô de São Paulo completa 45 anos

Companhia do Metropolitano de São Paulo iniciou operação com sete estações; atualmente, malha conta com 64 paradas e 74 quilômetros de extensão

GM comemora 15 anos do Complexo industrial de Gravataí (RS)
Braspress comemora 35 anos de história
Viação Cometa comemora 65 anos com viagens exclusivas do modelo Flecha Azul

metro-primeira-viagem

O Metrô da cidade de São Paulo, o mais antigo do Brasil, completou nesta quarta-feira (24/4) 45 anos. Constituída no dia 24/4 de 1968, a Companhia do Metropolitano de São Paulo iniciaria as obras da Linha Norte-Sul oito meses depois.

Em 1972, a primeira viagem de trem foi realizada entre as estações Jabaquara e Saúde, porém, somente em setembro de 1974, o trecho Jabaquara/Vila Mariana começaria a operar comercialmente. Os iniciais 6,4 quilômetros de linhas operacionais deste trecho cresceram para os atuais 74 quilômetros de linhas, sendo 65,3 quilômetros operados pelo Metrô de São Paulo e nove quilômetros operados pela Via Quatro. O sistema conta hoje com 64 estações, sendo seis delas também da Via Quatro.

metroemobrasAtuais obras

Hoje, existem quatro frentes de obras de ampliação do Metrô. A primeira delas é o prolongamento da Linha 5-Lilás, que caminha em direção à Estação Chácara Klabin e fará a interligação entre as Linhas 1-Azul, 2-Verde e 17-Ouro. A ampliação deste trecho é de de 19,9 quilômetros de extensão.

Também estão sendo construídas, em modelo de monotrilho, a Linha 15-Prata, entre os bairros do Ipiranga e Cidade Tiradentes, que ao final da obra terá 18 estações, 25,8 quilômetros de vias elevadas, e a primeira fase do monotrilho da Linha 17-Ouro, que terá 7,7 quilômetros e fará a ligação estratégica entre o Aeroporto de Congonhas e a Estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

O outro empreendimento que vem passando por obras é a fase 2 da Linha 4-Amarela, que prevê a entrega das futuras estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, Fradique Coutinho, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia.

A projeção é de que até o final de 2014 sejam inauguradas mais 24 estações, ampliando os atuais 74,3 quilômetros de malha para mais de 100 quilômetros.

COMMENTS