Ferroeste investe R$ 960 mil em modernização de locomotivas

Dinheiro será voltado para instalação de novos freios e dispositivos de controle e segurança

ALL divulga balanço do segundo trimestre
Terminal de Rondonópolis (MT) poderá movimentar dez milhões de toneladas de grãos em 2014
ALL amplia contratação de pessoas com deficiência

ferroeste_locomotivaA companhia ferroviária Ferroeste está investindo aproximadamente R$ 960 mil no sistema de segurança de suas locomotivas. Até julho, todas as locomotivas estarão operando com novo sistema de freios, sistema pneumático modernizado e dispositivos de controle e segurança (tecnologia embarcada).

A empresa já está finalizando duas máquinas. Também estão sendo instalados dispositivos de segurança como computadores de bordo, aparelhos de radiocomunicação e equipamentos de vídeo monitoramento de alarmes. Acopladas ao computador, serão inseridas as chamadas “cercas eletrônicas”, que é um dispositivo de controle da velocidade do trem por GPS.

“Teremos uma confiabilidade superior na frenagem dos trens e um maior controle da circulação. A tecnologia embarcada, também priorizada pela empresa, permite fazer um diagnóstico das viagens, buscando uma condução ótima no desempenho dos maquinistas”, diz o diretor de Produção da Ferroeste, Rodrigo Cesar de Oliveira. “Com isto, projetamos aumento de 28% no volume de cargas da Ferroeste”, ressalta.

A modernização faz parte de um projeto que que também contampla um acordo operacional entre a Ferroeste e a ALL (América Latina Logística), para que os trens de ambas as empresas circulem livremente no trecho Guarapuava-Desvio Ribas (Ponta Grossa, no Paraná).

COMMENTS