Caminhões

PepsiCo renova frota com caminhões Scania

Economia de combustível foi um dos quesitos que fizeram a fabricante sueca superar os concorrentes e ser escolhida pelo cliente. Venda inclui lote de 45 caminhões P360 4×2

22/3/2013

15h00

Leonardo Andrade, editor-chefe do Portal Transporta Brasil

Entre em contato

interna-scania-pepsico-13

A Scania acaba de fechar negócio com a PepsiCo do Brasil para a venda de 45 caminhões modelo P360 4×2, que serão utilizados pela multinacional no transporte de alimentos e bebidas em todo o Brasil. Segundo a fabricante, o quesito economia de combustível pesou para a escolha da marca e detrimento dos concorrentes.

A decisão foi tomada após seis meses de testes com viagens reais realizadas com os caminhões pela PepsiCo. Os caminhões foram encomendados e customizados por meio da Scania Codema, concessionária responsável pelo negócio.

“Saber que nosso produto foi testado na operação real do cliente e apresentou a melhor média de economia de combustível entre seus concorrentes diretos comprova o quanto estamos no caminho certo”, afirma Victor Carvalho, gerente de Vendas de Veículos da Scania do Brasil. “Receber uma aprovação pública da PepiCo é mais um grande passo de excelência que nossa linha de caminhões conquista. É raro termos no mercado uma análise tão complexa de desempenho de rentabilidade, o que torna essa parceria ainda mais significativa para a Scania”.

A PepsiCo ressalta que a escolha da nova frota foi um investimento em qualidade e tecnologia. “Para disponibilizar ao mercado produtos com qualidade, dos quais nos orgulhamos e com valores percebidos pelos clientes e consumidores, a PepsiCo sempre busca os melhores profissionais, insumos, matérias-primas, equipamentos e tecnologia”, afirma Fabio Cancherini, gerente de distribuição da PepsiCo Brasil.

  • CONTEÚDO DE REFERÊNCIA
  • Publicidade

  • Articulistas

    A incoerência na modificação da Lei 12.619

    Por que mudar? O Dr. Dirceu Rodrigues Alves, especialista em Medicina de Tráfego questiona as mudanças propostas à Lei do Motorista: “Com essa lei oficializam-se jornadas longas, mortes e feridos nas rodovias”

    ISO 28000 e a Gestão de Segurança Patrimonial

    Teanes Carlos Santos Silva publica neste artigo os detalhes da norma ISO 28000 e seu papel para a gestão da segurança patrimonial, atividade crucial para as empresas de todas as atividades

  • Publicidade

  • Publicidade

  • Bolsa de Valores – ADVFN

  • Redes Sociais

    Facebook