DNIT publicará editais de licitação da obra de duplicação da BR-381

Somando 11 lotes, trecho de 303 quilômetros está localizado entre Belo Horizonte (MG) e Governador Valadares (MG); edital estará disponível no dia 28/3

Logística ruim pode deixar algumas regiões sem gasolina no final do ano
Anel Rodoviário de Minas terá faixa exclusiva para caminhões
TNT aposta no setor de entregas de amostras clínicas

br381-cntO DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) publicará na próxima quinta-feira (28/3) os editais de licitação dos 11 lotes da obra de duplicação da BR-381 entre Belo Horizonte (MG) e Governador Valadares (MG), em substituição aos editais suspensos.

Os lotes, que ao todo somam 303 quilômetros, serão licitados pelo RDC (Regime Diferenciado de Contratações) na modalidade Contratação Integrada. Desta forma, a empresa terá oportunidade de propor soluções ao projeto fornecido pelo DNIT, além de executar as obras.

A duplicação contará com um novo modelo de gestão, que inclui no procedimento a gestão de risco e o seguro performance. “O seguro performance garante a conclusão da obra, nos casos em que a empresa apresentar problemas na execução. Também foi desenvolvido um modelo matemático para precificação do risco para o consórcio ou empresa que se responsabilizar pela obra”, explica o diretor geral do DNIT, Jorge Fraxe.

Fraxe ainda ressalta que as empresas participantes poderão fazer engenharia, uma vez que o projeto executivo fica sob a responsabilidade delas. “Por este motivo os contratos não terão aditivos”, acrescenta.

Além do trajeto, está incluso nas operações da BR-381 mais de 90 obras de arte especiais (pontes e viadutos rodoviários), túneis e um relevo acidentado.

Os editais definirão as datas para apresentação das propostas técnicas e de preços.

COMMENTS