Honda comemora produção de 500 mil unidades da Linha Civic no Brasil

Sedan médio é produzido na fábrica de Sumaré (SP) desde 1997; montadora disponibiliza três novas versões do modelo

Brasil e México renovam acordo automotivo por mais quatro anos
Nissan obtém lucro líquido de US$ 6,13 bi entre abril de 2016 e último março
Ford cria laboratório de desenvolvimento para veículos híbridos e elétricos

A montadora Honda anunciou na semana passada que alcançou a marca de 500 mil veículos da Linha Civic produzidos no Brasil. A partir de 1997, o sedan médio passou a ser fabricado na planta de Sumaré (SP), e desde então, vem sendo um dos maiores sucessos da categoria. Para simbolizar a marca atingida, a empresa de origem japonesa optou pelo Civic EXR com motorização 2.0, recentemente lançado no País.

Coincidentemente, o Civic foi o primeiro modelo Honda a ser importado para o mercado nacional, o que ocorreu em julho de 1992.

O Brasil já contabiliza a comercialização de cinco gerações do automóvel. No primeiro semestre de 2008, o carro chegou a ser o mais vendido da categoria. Já no cenário mundial, o Civic está desde 1972, contabilizando nove gerações lançadas e milhões de unidades vendidas.

O novo Civic

Os lançamentos da linha contam com design renovado, novas tecnologias e opções diferenciadas de motorização.

A montadora disponibiliza três versões, sendo as novas LXR e EXR, com motor 2.0, e a LXS, que manteve a motorização 1.8 e está disponível com câmbio de seis velocidades na versão manual.

Dentre as novidades, chama atenção o sistema flex que dispensa subtanque para partida a frio. Por meio de um botão no controle da chave que destrava as portas, um sistema de aquecimento entra em ação diretamente na linha de combustível, transformando em ideal a temperatura – sobretudo a do etanol – para compor uma mistura de ar e combustível pronta para entrar em combustão instantânea.

COMMENTS