São Paulo arrecadou R$ 1.520 por segundo com multas em 2012

São Paulo arrecadou R$ 1.520 por segundo com multas em 2012

Prefeitura arrecadou cerca de R$ 799 milhões ao longo do ano passado. De 2006 a 2012, as multas aplicadas na cidade cresceram 149% e mais de 600 radares foram instalados

São Paulo arrecadou quase R$ 9 bilhões em ICMS no mês de julho
IBPT lança novo sistema de medição de tributos
Brasil arrecadou R$ 29,295 bilhões de IPVA em 2013

A Prefeitura de São Paulo arrecadou R$ 1.520 em cada segundo do ano passado com multas de trânsito. Foram cerca de R$ 799 milhões ao longo dos doze meses, valor equivalente ao Orçamento de uma cidade Mauá, na Grande São Paulo.

O valor é 7% maior do que o arrecadado em 2011 (foram R$ 747 milhões, R$ 52 milhões a menos). A frota de veículos da capital cresceu cerca de 2% no período.

Houve queda nas infrações de desrespeito ao rodízio municipal de veículos e de excesso de velocidade, as multas que o paulistano mais recebe. Em 2011, foram 2,6 milhões de multas por causa do rodízio, enquanto no ano passado foram 2,1 milhões. No caso do excesso de velocidade, foram 130 mil multas a menos no ano passado: 3,2 milhões de infrações registradas.

Políticas adotadas pela gestão Gilberto Kassab (PSD) entre 2006 e 2012, especialmente a instalação de 600 radares eletrônicos, fizeram o total de multas aplicadas na capital crescer 149% entre 2006 e 2012 (foram, ao todo, 9,9 milhões de multas aplicadas em 2012, contra 3,9 milhões em 2006). Nesse mesmo período a frota da cidade cresceu 36%, de 4,9 milhões para 6,7 milhões de veículos, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

O número de pessoas mortas no trânsito, por outro lado, caiu apenas 2,9%: de 1.407 em 2006 para 1365 em 2011 (dado mais recente). O problema da mortalidade é um dos maiores motivadores do aumento da fiscalização.

Multas para caminhões são as que mais crescem em São Paulo

Veículos de carga puxaram a alta de 4,7% do total de autuações em 2012, agravando o impacto econômico e burocrático nos transportadores. Caminhões têm recebido tantas multas que sindicato das transportadoras criou setor especifico para o assunto. Leia mais.

COMMENTS