Contran adia fim da tolerância de 7,5% sobre limites de PBT transmitido por eixo

Contran adia fim da tolerância de 7,5% sobre limites de PBT transmitido por eixo

Novo prazo para o fim da tolerância máxima ficou para 31 de dezembro de 2013. Findo o prazo, tolerância cai para 5%. Esta é a quinta prorrogação do prazo feita pelo órgão

Justiça Federal determina prazo para instalação de balanças nas rodovias do Pará
Nova tolerância de 10% por eixo só vale para quem respeitar o limite de 5% do PBT
Déficit comercial de autopeças do Brasil chega a US$ 4,3 bi

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) prorrogou mais uma vez o prazo de vigência da tolerância de 7,5% sobre os limites de peso bruto total transmitido por eixo do caminhão. A regra foi publicada pela Resolução 430 do órgão.

Desta vez, a prorrogação do prazo ficou estipulada para o dia 31 de dezembro de 2013. A partir desta data, a tolerância por eixo ficará fixada em 5%. Esta é a quinta vez que o Contran adia a entrada em vigor da tolerância de 5%.

COMMENTS