Governo reforça fiscalização nas estradas no fim de ano

Blitze serão focadas no combate à embriaguez ao volante e na fiscalização de motocicletas

Nova Lei Seca com multa em dobro já prendeu mais de 1.400 motoristas
Lei Seca vai flagrar uso de drogas psicotrópicas em São Paulo
Proposta da Câmara volta a modificar a Lei Seca

Com o objetivo de reduzir o número de acidentes de trânsito durante o período das festas de fim de ano, quando em geral aumentam as ocorrências, o governo federal lançou ontem (13) uma campanha para conscientizar motoristas sobre a importância de se redobrar os cuidados ao volante, respeitando os limites de velocidade nas rodovias e não ingerindo bebidas alcoólicas.

Além da veiculação de peças publicitárias na TV, está prevista a intensificação das fiscalizações nas estradas. De acordo com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, serão montadas, entre 15 de dezembro deste ano e 13 de fevereiro de 2013, blitze da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e de órgãos de trânsito parceiros nos estados e municípios em 100 pontos considerados críticos.

Nesses trechos, com 10 quilômetros cada, ocorreram 27,6% dos acidentes e 11% das mortes registradas de janeiro a setembro deste ano. Entre eles, o de maior gravidade, é a BR-101, entre o km 200 e o km 210, em Santa Catarina.

Segundo Cardozo, as blitze serão focadas no combate à embriaguez ao volante e na fiscalização de motocicletas. Nos demais trechos das rodovias, os policiais vão combater o excesso de velocidade e a ultrapassagem em locais proibidos.

A ação faz parte do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada – Um Pacto Pela Vida), lançado pelo governo brasileiro em resposta à decisão das Nações Unidas de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito em todo o mundo entre 2011 e 2020.

COMMENTS