Ford coloca caminhões de volta no foco de negócios

Ford coloca caminhões de volta no foco de negócios

Após ano de queda nas vendas, montadora reserva um terço dos 18 lançamentos programados para 2013 ao mercado de transporte de carga, entrando também no segmento de extrapesados

Mercedes-Benz promove projetos sociais no ABC Paulista
Obras no Sistema Anchieta-Imigrantes só ficam prontas a partir de maio
Caminhão-teatro da Scania leva concerto de piano para festa de 459 anos de São Bernardo do Campo (SP)

A Ford vem demonstrando uma sólida confiança na reação do mercado de veículos comerciais a partir do ano que vem, e por isso, voltou a colocar os caminhões no centro de suas estratégias de negócios, dedicando cerca de um terço das 18 ações de lançamentos previstas pela marca para 2013 para o segmento, incluindo a entrada no mercado de extrapesados.

Neste ano, as vendas de caminhões entraram em queda livre ante a desaceleração econômica e a transição na tecnologia de motor, que tornou o veículo 15% mais caro, embora menos poluente. A própria Ford adotou a semana curta, de apenas quatro dias de trabalho, durante boa parte do ano para ajustar a produção na linha de caminhões no ABC paulista.

O setor iniciou uma reação em outubro e existe a expectativa, entre analistas e fontes da indústria, de que as vendas poderão, no próximo ano, se aproximar dos níveis de 2010, quando 157,4 mil caminhões foram emplacados. Para este ano, a Fenabrave, a entidade que abriga as concessionárias de veículos, prevê emplacamentos de 139,8 mil unidades. Ontem, o governo agradou aos fabricantes ao manter para 2013 os juros reduzidos nos financiamentos de bens de capital pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Em 2013 estamos certos de que a indústria nacional de caminhões crescerá quando comparada a 2012, com um efeito de melhoria importante não só para as montadoras como também para os fabricantes de auto-peças e da rede de distribuição, que sofreram bastante nos últimos meses”, conta o diretor de operações da Ford Caminhões, Oswaldo Jardim.

Jardim afirma também que a marca vai lançar esse ano um modelo para brigar no segmento de extrapesados. “Como prometido na Fenatran 2011 vamos completar nossa linha que começa com o seguimento de Vans, com a Transit, e cobre até os pesados, com o Cargo 6×4. Faltava agora a ponta superior, com os cavalos mecânicos de grande potência. Também teremos outras novidades que ainda não podemos revelar, cobrindo todos os outros segmentos, já que todos são importantes para nós”, declara o executivo.

Desde 2011, a montadora conduz no país um programa de investimento da ordem de R$ 4,5 bilhões, que vai até 2015.

COMMENTS