Viracopos (SP) terá pista de emergência em 2013

Viracopos (SP) terá pista de emergência em 2013

Obra foi motivada pelo acidente com um avião da Centurion Cargo, que paralisou por 45 horas o aeroporto em outubro. Kit de reboque de aeronaves e plano de emergência já foram providenciados

Rodovias federais já acumulam quase dois milhões de multas em 2015
Acidente com cargueiro americano fecha aeroporto de Viracopos (SP)
Infraero e Centurion Cargo podem ter que arcar com prejuízos em Viracopos (SP)

O grupo que assumiu a concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo, vai investir a quantia de R$ 50 milhões para a construção de uma nova pista, cuja construção começa em dezembro deste ano.

João Santana, presidente do conselho de administração da Aeroportos Brasil Viracopos, diz que a decisão pela obra foi feita depois do acidente com um avião da Centurion Cargo, que paralisou por 45 horas o aeroporto em outubro. Houve cancelamento de quase 500 voos e foram afetados 27 mil passageiros no episódio.

A nova pista, que deve ser concluída em seis meses, será auxiliar e deve ser usada em momentos de emergência. Como estará próxima à pista já existente, não deve encontrar entraves ambientais. Serão atendidas aeronaves da Azul, Gol e TAM, embora nem todos os aviões possam ser movimentados, por ela ter uma largura menor. Também não pode existir movimentação nas duas pistas simultaneamente.

Santana conta também que o kit de reboque de aviões acidentados (composto por colchões de ar, macacos hidráulicos e compressores) já foi comprado por US$ 2 milhões. Também foi elaborado um plano de emergência para evitar que acidentes obstruam a pista por muito tempo novamente. “Você precisa de todo um plano de contingência. Na hipótese de um acidente, já temos montado um plano com pessoas responsáveis, carretas, guindastes”, diz.

COMMENTS