Rodofort quer conquistar mercado nacional com nova fábrica em MG

Rodofort quer conquistar mercado nacional com nova fábrica em MG

Fabricante paulista de implementos rodoviários se estrutura para crescer. Empresa vai investir cerca de R$ 100 milhões em novo complexo industrial e contratou José Santiago Soler, ex-Volkswagen, para o cargo de diretor executivo

Veloce Logística investe R$ 15 mi e espera faturar R$ 185 mi em 2011
Truckvan cria unidade móvel para o combate à hanseníase
Noma oferece implementos para programa de educação no trânsito

Fábrica da Rodofort em Sumaré (SP): empresa produz atualmente 3 mil implementos por ano

A Rodofort, fabricante paulista de implementos rodoviários com sede na cidade de Sumaré, está investindo e planejando suas ações para aumentar sua participação no mercado nacional e fortalecer a marca entre os clientes transportadores de todo o Brasil. Uma das ações anunciadas pela empresa para este crescimento é a construção de um novo complexo industrial no Estado de Minas Gerais, com previsão de entrada em operação para o primeiro semestre de 2014.

A empresa está, atualmente, entre as oitos maiores fabricantes de implementos rodoviários do País e almeja chegar à quinta posição em médio prazo. Segundo Leonardo De Vincenzo, diretor de Marketing e Vendas da Rodofort, a meta é chegar a um incremento de R$ 144 milhões no faturamento anual da empresa, hoje na casa dos R$ 160 milhões. “A nova fábrica, que está sendo planejada para Minas Gerais, Estado que vem nos oferecendo incentivos fiscais atrativos, tem expectativa de produção de cerca de 1,8 mil unidades por ano. Estamos nos preparando para um aquecimento esperado na demanda do mercado de implementos para os próximos anos”, diz o diretor.

De acordo com a Rodofort, a nova fábrica terá investimentos de R$ 100 milhões e a área total do complexo será de 300 mil metros quadrados, com 30 mil metros quadrados de área coberta e cinco linhas de produção específicas para o setor rodoviário, com a fabricação de implementos graneleiros, carga seca, basculante e porta-contêiner. O gerente industrial da empresa, Fábio Rocha, conta que a maior parte da produção será transferida para Minas e a fábrica de Sumaré ficará responsável pela produção de implementos para a linha de furgões alumínio e siders lonados.

“Com a nova planta em Minas Gerais, logo nos primeiros anos, vamos aumentar nossa produção em mais de 60% e, posteriormente, nossa meta é dobrar esta produção até 2017, com a conquista de um market-share de 5,3% na linha pesada”, conta o gerente. Em seus sete anos de história, a Rodofort, que foi fundada em 2005, já fabricou cerca de 18.000 implementos rodoviários de diversas aplicações.

Rede nacional de atendimento

Para satisfazer seu apetite de crescimento, a Rodofort está desenhando a criação de uma Rede de Distribuidores Nacional para atendimento aos clientes e vendas dos implementos. Para criar a rede e reestruturar sua operação, a empresa acaba de constratar José Santiago Soler, conhecido executivo da indústria automotiva, com passagem pela Volkswagen, para o cargo de diretor executivo. Para Soler, o desafio será a criação da rede, que será estruturada para atender os clientes da marca com instalações, manutenção, vendas e pós-venda em Estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Bahia e Pernambuco.

COMMENTS