Ferrovia de Três Lagoas (MT) recebe trilhos e dormentes até final do ano

Contorno Ferroviário terá extensão de 12,4 quilômetros com obras que custarão aproximadamente R$ 41 milhões

ALL termina 2º trimestre de 2014 abaixo das expectativas
Ferroeste pretende dobrar capacidade operacional
1º lote de trilhos da Ferrovia Oeste-Leste desembarca no Porto de Ilhéus (BA)

O Ministro dos Transportes, Paulo Passos, afirmou esta semana que a pasta vai entregar até o final deste ano os trilhos, dormentes e acessórios de fixação necessários à conclusão das obras do Contorno Ferroviário de Três Lagoas.

Desde abril, a execução da obra está parada. Estes equipamentos têm custo de R$ 11,5 milhões.

De acordo com o governo do Mato Grosso, o executivo estadual está aguardando este material desde o ano passado e sem recebê-lo parou os trabalhos em abril. “Ainda este ano mandarão os trilhos e dormentes para terminarmos a obra. Ao perceberem a gravidade da situação, eles agilizaram e prometeram que estes trilhos estarão lá. Aí terminamos a obra”, afirmou o governador Puccinelli.

A solução partiu da aprovação de crédito suplementar no valor de R$ 11,5 milhões em setembro deste ano. Com o recurso disponibilizado contabilmente, o DNIT pôde dar início ao certame licitatório que deve ser concluído este mês.

Segundo nota técnica do DNIT, a obra terá custo de R$ 41,034 milhões, sendo R$ 36,931 milhões da União e R$ 4,103 milhões de contrapartida do Governo do Estado, sendo que a data de conclusão é 27 de fevereiro de 2013. O contorno terá extensão de 12,4 quilômetros.

COMMENTS