Rodoanel leste em SP tem 70% do trecho em obras

Previsão de entrega é para março de 2014, de acordo com o edital de concessão e com a previsão da SPMar, concessionária responsável pelas obras

Ônibus da SBCTrans ajuda mais de 10 mil animais todo mês
Scania fecha venda de chassis de ônibus para empresa de transporte coletivo do ABC paulista
Santo André (SP) vai testar semáforos com nobreak

As obras do trecho leste do Rodoanel Mário Covas, em São Paulo, que será a principal ligação entre o porto de Santos e o Aeroporto de Cumbica, prosseguiram no mês de setembro com oito frentes de trabalhos, nas cidades de Ribeirão Pires, Mauá, Suzano, Poá e Itaquaquecetuba. Confira o desenvolvimento das obras:

Trevo Av. Papa João XXIII – na ligação entre o trecho sul do Rodoanel, o trecho leste e a Avenida Papa João XXIII em Ribeirão Pires, a obra conta com os dois viadutos e os muros de contenção em andamento. Os trabalhos também estão voltados para a terraplanagem, drenagem e pavimentação no trevo e nas alças de acesso, além da execução de canaletas, bueiros e caixas coletoras.

Trecho entre o Trevo da Av. Papa João XXIII e o Túnel Santa Luzia, em Ribeirão Pires. Com aproximadamente 7,5km o trecho está dividido em três frentes de obra, que acontecem de forma simultânea:

Na primeira frente, localizada do km 87 ao 89, os trabalhos de limpeza do terreno, supressão vegetal, escavação e aterro encontram-se em estágio avançado. No último mês, os operários continuaram a construção da passagem inferior de veículos do km 87,7 e a terraplanagem para o retorno operacional localizado no futuro km 89 do Rodoanel. Além disso, foram concluídos 300 metros de bueiro celular e canaleta de drenagem.

Na segunda frente, do km 89 ao 91, próximo à Avenida Humberto de Campos, foram realizados serviços de supressão e limpeza de terreno, execução da cerca de faixa de domínio e o início da terraplanagem.

Na terceira frente, localizada entre o km 93 e 96, próximos a Rua João Baldi, além da limpeza de terreno e execução da cerca de faixa de domínio, foram iniciadas as fundações do viaduto que passará sobre a Avenida Benjamin Cerezoli, e concluídas as canaletas de drenagem e de mais de 250 metros de bueiro celular.

No mês de outubro serão preparados os aterros armados para receber o futuro viaduto sobre a Avenida Humberto de Campos e a realização dos trabalhos de terraplanagem e drenagem nos trechos próximos às Avenidas Capitão José Gallo e Orlando Grecco e à estrada da Cooperativa.

Túnel Santa Luzia, em Ribeirão Pires e Mauá: os trabalhos de escavação do túnel também são separados em duas partes: emboque sul e norte.
No emboque sul foram escavados aproximadamente 733 e 745 metros lineares nas duas pistas, totalizando 1.480 metros de escavação subterrânea. Também está em construção o segundo túnel falso na pista externa, uma estrutura em concreto armado que servirá de proteção para os futuros usuários da rodovia.

Na outra entrada do túnel, o chamado emboque norte, foram finalizadas a perfuração e a injeção das enfilagens no entorno da seção, que serve para suporte do túnel, além da conclusão da escavação em seção mista, pelo método Side Drift, que consiste no avanço parcial pelos flancos. Em outubro, terá início a construção dos 30 metros de túneis falsos.

Encontro Leve Estruturado – no trecho que compreende os 4 primeiros quilômetros do Encontro Leve Estruturado, entre Suzano e Poá, já foram cravadas 438 estacas de sustentação nas duas frentes de obra, localizadas na Estrada dos Fernandes e na Estrada Santa Mônica. No trecho que ligará a Rodovia Henrique Eróles (SP066) com a Rodovia Ayrton Senna (SP070), em Itaquaquecetuba, onde serão instalados mais 3,5 quilômetros do Encontro Leve Estruturado, teve início o trabalho de terraplanagem e a montagem do Cantitraveller. A previsão é que esta etapa do viaduto comece a ser construída em outubro.

Canteiro de obras – A Fábrica de Vigas em Suzano, localizada na Avenida Jorge Bei Maluf, produziu até o momento 825 estacas, 152 vigas travessa e 483 vigas longarinas para o viaduto Encontro Leve Estruturado.

Mais duas licenças de instalação estão em aprovação na CETESB: o trevo que ligará o Trecho Leste do Rodoanel com a Rodovia Henrique Eróles (SP066), solicitada em 30 de julho e o trecho que ligará o Túnel Santa Luzia ao Encontro Leve Estruturado, solicitada em abril. Juntos estes dois trechos representarão mais 15,2 quilômetros, chegando a 78% do trecho leste em obras.

COMMENTS