Lufthansa está otimista com operações em Manaus (AM)

Com maior diversificação de produtos e demanda por transporte, a procura por serviços na região superou as expectativas da empresa

Demanda por transporte aéreo doméstico revela crescimento
Infraero inicia obras na pista de pouso e decolagem do Aeroporto do Recife (PE)
FedEx conclui aquisição do Rapidão Cometa

Às vésperas de completar dois anos de operação cargueira em Manaus (AM), a Lufthansa Cargo busca ampliar a capacidade e atender a demanda que é hoje cinco vezes maior do que no início dos voos em 2010.

A rota regular feita com o cargueiro MD-11 vai de Viracopos (SP) para Manaus e segue para Quito, no Equador, Bogotá, na Colômbia, passando por Aguadilla, em Porto Rico, para depois seguir para a Alemanha e toda a Europa, Ásia e Oriente Médio.

“A importação para Manaus cresceu muito e a exportação, antes mais focada em peixes ornamentais, hoje é mais ampla, com uma diversidade maior de produtos”, disse Eduardo Faria, Especialista Regional de Planejamento e Marketing para América do Sul, Caribe e Flórida.

Além dos voos regulares, a Lufthansa Cargo oferece a possibilidade de voos fretados em situações especiais. “Hoje temos muita coisa vindo da China e da Escandinávia, por exemplo, para as empresas instaladas na Zona Franca de Manaus”, explica Faria.

COMMENTS