DNIT inicia recuperação das BRs 317 e 364, no Acre

Ao todo, serão recuperados 428 quilômetros de rodovias a um custo de aproximadamente R$ 143,5 milhões

Deracre fará operação emergencial de tapa-buracos na BR-364, em Sena Madureira (AC)
Deracre define limites de PBT para caminhões que circulam na BR-364
DNIT autoriza elaboração do projeto do primeiro acesso por terra ao Acre

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciou as obras de recuperação das BRs 364 e 317. Serão recuperados, nos próximos dois anos, 428 quilômetros de estradas federais no Acre, a um custo de aproximadamente R$ 143,5 milhões.

A ordem de serviço para o Contrato de Restauração e Manutenção (Crema) foi assinada pelo governador Tião Viana e pelo superintendente do DNIT, nos Estados de Rondônia e Acre, André Reitz do Valle, há cerca de duas semanas.

Os trechos que serão recuperados compreendem a BR-364 na divisa com Rondônia até Sena Madureira e a BR-317 entre Brasileia e Assis Brasil. A operação envolve tapa-buracos, construção de galerias, bueiros, recuperação de acostamentos, aterros e sinalizações.

O projeto de recuperação e manutenção da BR-364 foi entregue ao ministro dos Transportes, Paulo César Passos, e à direção do DNIT em novembro do ano passado.

COMMENTS