Mais de 1,8 mi de motoristas vão enfrentar estradas com obras na saída de SP

Recomendação é pegar a estrada amanhã depois das 15h, já que a noite de hoje será o período com mais movimento

Iniciam obras de terraplenagem para 5ª faixa da Rodovia dos Imigrantes em São Paulo
Alckmin diz que obras do Rodoanel Norte terão início na próxima semana
Concessionária recolhe 503 toneladas de lixo no Sistema Anchieta-Imigrantes em 2013

O feriado prolongado de 7 de setembro vai tirar cerca de 1,8 milhão carros da capital paulista. A recomendação das concessionárias responsáveis pelas rodovias do Estado é pegar a estrada amanhã depois das 15h, já que a noite de hoje será o período com mais movimento.

Mas desta vez, o trânsito não será o único obstáculo a ser enfrentado. Algumas das principais rodovias do Estado que ligam a capital ao interior e ao litoral passam por obras, dificultando ainda mais a vida do motorista.

A Ecovias, que administra o sistema Anchieta-Imigrantes, estima que entre 215 mil e 365 mil veículos devem descer a Serra do Mar. Das 13h de hoje às 20h de amanhã, será instalada a Operação Descida. Na Rodovia dos Tamoios, principal acesso para o litoral norte, o trecho entre Jambeiro e Paraibuna está com obras de duplicação, o que significa restrição de circulação e passagem intensa de caminhões durante o feriado. Alguns trechos da pista têm barro e areia.

Pelo menos 1,2 milhão de veículos são esperados nas principais rodovias que cruzam a região de Campinas. Na altura de Louveira, o motorista deve redobrar a atenção na Anhanguera por causa das obras da terceira faixa, entre os km 62 e 71.

O motorista que pegar a Régis Bittencourt, principal ligação de São Paulo com o Sul, encontrará sete pontos em obras. Na Serra do Cafezal, trecho de pista simples entre Juquitiba e Miracatu, a Polícia Rodoviária Federal vai liberar o acostamento e instalar faixas reversíveis.

O último feriado da temporada de inverno em Campos de Jordão deve encerrar com a marca de 1,2 milhão de turistas, representando um aumento de 10% no número de visitantes, comparado com o ano passado. Para o feriado, a classe hoteleira espera 80% de ocupação. Quem for até lá de carro, porém, deve ficar atento às obras de recapeamento na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro.

Na SP-340, que liga a região de Campinas ao sul de Minas Gerais e ao Circuito das Águas paulista, a concessionária Renovias colocou carros destruídos que se envolveram em acidentes graves e manequins para simular o resultado das colisões, no canteiro central da rodovia.

COMMENTS