JR Diesel usa tinta à base de água para recuperação de pintura de caminhões

Produto prevê redução de até 80% na emissão de compostos orgânicos voláteis na atmosfera, além da economía de quase quatro litros na pintura de uma cabine

IPVA Espírito Santo 2014
Delegacia especializada no combate ao roubo e furto de cargas é inaugurada no Paraná
O que esperar de 2013?

A JR Diesel, desmanche e reciclagem de caminhões, é a primeira empresa brasileira a utilizar tinta à base de d´água na pintura das cabines de veículos pesados em recuperação.

A empresa utiliza a linha PPG Envirobase High Performance, composta de tintas de pintura lisa, metálica, perolizada e cores especiais de efeito. Também existem as opções de verniz e primer, ambos à base de água. “Com este produto existe uma drástica redução de emissão de compostos orgânicos voláteis ou VOCs (Volatile Organic Compounds) na atmosfera: cerca de 80% menos que as tintas convencionais, além de melhor rendimento e acabamento”, diz Arthur Rufino, diretor executivo da JR Diesel. “O índice reduzido de VOCs também beneficia a saúde do colaborador que realiza a aplicação”, ressalta Rufino.

“O processo de preparação das tonalidades, aplicação e cura da tinta também é mais rápido, economizamos também no tempo de retrabalho e repintura, consequentemente conseguimos fazer mais coisas em menos tempo, sem falar no desperdício de tinta que é praticamente zero”, conta Rufino que, aponta também que, antes, com a tinta convencional, era preciso 62 horas para a cabine ficar pronta, hoje são necessárias cerca de 4 horas, mais de um dia de diferença.

A empresa também constatou uma redução significativa na economia no uso da tinta, enquanto eram usados três galões de 3,6 litros de tinta convencional (10,8 litros) para pintura de uma cabine, atualmente são usados seis litros de tinta à base de água e um litro de verniz.

COMMENTS