Automação dos 22 gates do TECONDI no Porto de Santos começa esta semana

São 20 pórticos de reconhecimento de caminhões e dois para trens que passarão a ser monitorados em tempo real. Sistema monitora o tráfego com imagens e é capaz de detectar um contêiner avariado e apontar a necessidade de inspeção

Terminal de cargas de Manaus informatiza pesagem e aumenta produtividade em 30%
Cascadia estreia automação nível 2
Total Express investe R$ 8,8 milhões em sistema de automação de encomendas

As obras para instalação dos equipamentos de automatização dos 22 gates do terminal de contêineres, TECONDI, no Porto de Santos (SP), por meio do sistema de OCR (Optical Character Recognition – Reconhecimento Ótico de Caracteres), começam esta semana, segundo a HTS, empresa de tecnologia que vai implementar as alterações. São 20 pórticos de reconhecimento de caminhões e dois para trens que passarão a ser monitorados em tempo real sem intervenção humana.

A HTS Brasil importou os equipamentos de Israel durante o mês de agosto. Todos os gates deverão estar concluídos até o fim do ano.

O sistema da automatizado reconhece a placa do caminhão, o número do contêiner e, em seguida, transmite a informação. De acordo com Paulo Vaz, gerente de tecnologia da informação do TECONDI, o sistema monitora o tráfego com imagens e é capaz de detectar, por exemplo, um contêiner avariado e apontar a necessidade de inspeção.

A identificação no novo sistema é feita durante a entrada do caminhão, em movimento, com base em um conjunto de sensores. A iluminação é operada automaticamente e várias fotos são tiradas por diferentes câmeras.

COMMENTS