Paralisação dos caminhoneiros prejudica trânsito na Dutra (RJ)

Paralisação dos caminhoneiros prejudica trânsito na Dutra (RJ)

Manifestação por melhores condições de trabalho e medidas por parte do Governo para a adaptação das estradas às novas normas da legislação faz com que caminhoneiros parem seus veículos ao longo da rodovia gerando lentidão no trecho Rio-São Paulo

Concessionária realiza obras de modernização e alargamento em ponte da Dutra (SP)
CET interdita túneis em SP para manutenção
SP-304 está interditada no km 191

A manifestação dos caminhoneiros autônomos, que iniciou sem muita expressão na última quarta-feira (25/07), concentrou um grande número de caminhões na Rodovia Presidente Dutra, complicando o trânsito na ligação Rio-São Paulo.

De acordo com a concessionária CCRNovaDutra, que administra a pista, no início da tarde, o engarrafamento, na altura de Barra Mansa (RJ), era de cerca de 14 km no sentido Rio e 12 km no sentido São Paulo. A manifestação também provocava congestionamento em outros trechos da rodovia, a exemplo de Resende, Piraí e Paracambi. Por conta da manifestação, apenas carros de passeio, ônibus e motos são liberados para trafegar pela faixa da esquerda. As outras faixas são ocupadas pelos veículos de carga e seus motoristas.

Em nota, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) informou que “vem mantendo negociações com representantes dos caminhoneiros buscando o aperfeiçoamento dos requisitos para inscrição no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) e das normas relativas ao pagamento eletrônico de frete, além de outras questões, que devem passar por ampla discussão entre todos os interessados e serem incluídas na agenda regulatória da agência”.

COMMENTS