Demanda por pilotos de helicóptero cresce no Brasil

Em 2011 mais de 3.097 pilotos comerciais se tornaram aptos a comandar aeronaves. Exigência de 500 horas de voo para pilotar em Taxi Aéreo garante a experiência da nova safra de profissionais

Governo quer desconto em passagem aérea para pacientes em tratamento
VarigLog realiza 2º leilão da massa falida no dia 5/2
Azerbaijan Airlines adquire primeiro jato Embraer 190

Com a frota de helicópteros aumentando exponencialmente no país, o mercado exige que sejam contratados profissionais especificamente treinados para pilotagem dessas aeronaves. Segundo informações da Agência Nacional de Aviação (Anac), em 2011 mais de 3.097 pilotos comerciais se tornaram aptos a comandar helicópteros, média de dois pilotos por aeronave.

Para se tornarem profissionais e conseguir emprego em uma empresa de taxi aéreo, por exemplo, é necessário que o piloto tenha no mínimo 500 horas de voo e ainda cumpra o programa de treinamento da empresa aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). “Muitos pilotos são jovens, mas isso não indica que sejam inexperientes, o mercado dificilmente contrata um piloto que não esteja completamente habilitado e apto para exercer a função”, afirma Jorge Bitar, Comandante e proprietário da Helimarte Táxi Aéreo.

Somente a frota da cidade de São Paulo já ultrapassou a de Nova Iorque (EUA).Para evitar acidentes, os pilotos trabalham em escala, intercalando horas em voo e horas em terra.

“Há um desconhecimento por parte de clientes que ao verem pilotos jovens se sentem inseguros. Porém, o mercado está ganhando uma grande leva de novos pilotos totalmente capacitados, já que a exigência de 500 horas de voo é rígida”, explica Jorge Bitar.

COMMENTS