Infraestrutura

Confira o andamento das obras do trecho leste do Rodoanel em São Paulo

Segundo a concessionária, o complexo viário entrará em operação em março de 2014 e servirá para desafogar o trânsito na capital paulista e oferecer mais rotas para o escoamento da produção e abastecimento

30/7/2012

16h00

Silas Colombo, repórter do Portal Transporta Brasil

Entre em contato

A SPMar, concessionária responsável pela construção do trecho leste do Rodoanel em São Paulo divulgou um balanço que indica que as obras do complexo viário está prosseguindo dentro do cronograma estipulado no edital de contratação, mantendo a data de entrega para março de 2014.

A concessionária acaba de receber a liberação da licença Ambiental da quinta fase de obras que foram iniciadas em 17 de agosto de 2011 e agora caminham conforme o cronograma:

Trevo Av. Papa João XXIII - ligará o trecho sul do Rodoanel com o trecho leste e a Avenida Papa João XXIII em Ribeirão Pires (Lote 1) – os dois viadutos e o muro de contenção no km 87 já foram concluídos. Neste momento a concessionária está trabalhando nos aterros e na drenagem da futura pista, construindo bueiros, canaletas e galerias. A liberação do tráfego no trevo ocorrerá apenas após o término da construção de todo o trecho leste do Rodoanel, em março de 2014.

Túnel Santa Luzia - em Ribeirão Pires e Mauá (lote 2) – já foram escavados aproximadamente 600 metros nas duas pistas totalizando 1.200 metros de escavação subterrânea, ou seja, aproximadamente 56% do programado.  No emboque sul, foi concluído um túnel falso, estrutura em concreto armado que servirá de proteção para os futuros usuários da rodovia.

Na outra entrada do túnel, no emboque norte, já foi realizado 75% das escavações previstas em solo a céu aberto. Além disso, foram concluídos o tratamento dos taludes por técnicas de contenção e drenagem. A escavação subterrânea do túnel pela frente do Emboque Norte começará no início de agosto. A previsão de término é outubro de 2013.

A obra do túnel é de grande importância para o projeto do trecho Leste do Rodoanel, pois toda rocha retirada será britada e reutilizada na construção dos pavimentos asfálticos e de concreto.

Encontro Leve Estruturado - no lote 3, que compreende os 4 primeiros quilômetros do Encontro Leve Estruturado, entre Suzano e Poá, já foram cravadas 396 estacas de sustentação e 38 vigas travessa e 80 longarina, nas duas frentes de obra, localizadas na Estrada dos Fernandes e na Estrada Santa Mônica. O Cantitravel, equipamento responsável pela construção do Encontro Leve Estruturado, está em operação desde a semana passada e já entrou na área da várzea do Rio Guaió.

Canteiro de obras - A Fábrica de Vigas em Suzano produziu até o momento 611 estacas, 83 vigas travessa e 403 vigas longarinas para o viaduto Encontro Leve Estruturado. A previsão é que a produção das vigas esteja finalizada em novembro de 2013 para que seja concluída a obra até dezembro do mesmo ano.

Licenças – Na última terça feira (24/07), foi liberada pela CETESB a licença do lote 4. As obras localizadas em Ribeirão Pires acontecerão de agosto de 2012 a maio de 2013 e ligarão o trevo localizado no km 86 do Rodoanel, entre o trecho sul e o leste, ao Túnel Santa Luzia, ambos já em construção. Com esta nova etapa, já são mais de 15 quilômetros da rodovia liberados. Nas próximas semanas deve acontecer a liberação da licença do lote 7, que representa mais 3,5 quilômetros da via.  Com isso, cerca de 43% do trecho estará apto para a construção.

A licença do lote 5 foi solicitada em abril, junto a CETESB e a do lote 6 deverá acontecer nas próximas semanas, ficando a previsão inicial da liberação após setembro. Juntos, estes dois trechos representam mais 15,2 quilômetros, chegando a 78% do trecho leste.

Os demais trechos, lotes 8, 9 e 10 estão em fase de definição executiva, conforme previsto em cronograma, para que possa ser solicitada a Licença de Instalação Ambiental.

  • CONTEÚDO DE REFERÊNCIA
  • Publicidade

  • Articulistas

    A incoerência na modificação da Lei 12.619

    Por que mudar? O Dr. Dirceu Rodrigues Alves, especialista em Medicina de Tráfego questiona as mudanças propostas à Lei do Motorista: “Com essa lei oficializam-se jornadas longas, mortes e feridos nas rodovias”

    ISO 28000 e a Gestão de Segurança Patrimonial

    Teanes Carlos Santos Silva publica neste artigo os detalhes da norma ISO 28000 e seu papel para a gestão da segurança patrimonial, atividade crucial para as empresas de todas as atividades

  • Publicidade

  • Publicidade

  • Bolsa de Valores – ADVFN

  • Redes Sociais

    Facebook